Centros de Serviços Jurídicos no Exterior de Jiangsu oferecem serviços a empresas chinesas

Published: 2019-08-27 16:38:16
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O vice-presidente da Associação dos Advogados da província de Jiangsu da China, Wang Xiaoqing, informou hoje (27) na coletiva de imprensa ordinária da Associação de Advogados da China (sigla em inglês: ACLA) que até agora, Jiangsu já estabeleceu vários Centros de Serviços Jurídicos no Camboja, Emirados Árabes Unidos, Rússia, Brasil, Angola, Etiópia e Indonésia, cobrindo as regiões principais do Cinturão e Rota para ajudar as empresas chinesas a “sairem da China”.

Como uma grande província chinesa com economia aberta e um ponto de cruzamento importante da construção do Cinturão e Rota, Jiangsu tem mais de 600 empresas que “partiram da China” e participam de mais de 7 mil projetos de investimento no exterior. Desta forma, a demanda dos serviços jurídicos no exterior está ativa e o Departamento de Justiça da província de Jiangsu e a Associação dos Advogados de Jiangsu estabeleceram em conjunto esta plataforma jurídica.

Os Centros de Serviços Jurídicos no Exterior reúnem recursos e procuram criar um mecanismo em que os advogados possam fornecer serviços às disputas no exterior e apoios jurídicos transfronteiriços aos casos no exterior envolvendo empresas e cidadãos chineses. Ao mesmo tempo, fortalecerão a prevenção contra os riscos na lei, política, confrontos religiosos e questões trabalhista gerados pelas diferenças legais.

Tradução: Nina Niu

Edição: Erasto Santos Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Desenhos foram criados em campos de arroz em Xinjiang
Caverna Yaolin impressiona e atrai turistas
Pinturas trimensionais em muros fazem da aldeia um resort turístico
Feira de Animais de Estimação da Ásia abre ao público em Shanghai
Turistas visitam o Parque Ecológico Nacional Shanwangping em Chongqing
Balé Nacional da China vai apresentar novo espetáculo em Beijing

Notícias

Comentário: China trata bullying comercial de forma calma e racional
Acidente em via expressa deixa 7 mortos e 11 feridos no sul da China
Chefe do Executivo de Macau reúne-se com seu sucessor
​Comentário: China mostra racionalidade e contenção nas contramedidas tarifárias
Exibição de Boutique Cultural de Fujian aberta no Brasil
Lojas de conveniência expandem-se cada vez mais na China