Porta-voz chinesa refuta palavras perversas dos EUA sobre Hong Kong

Published: 2019-08-14 10:38:46
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A porta-voz da chancelaria chinesa, Hua Chunying, refutou nesta terça-feira (13) as afirmações perversas dos EUA sobre Hong Kong. De acordo com ela, os EUA ignoram os fatos, confundem o justo com o injusto e tem o objetivo de alcançar propósitos próprios ao provocar o caos.

A presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, e os senadores Mitch McConnell, Marco Rubio e Ted Yoho, criticaram no dia 12, pelo twitter, os policias de Hong Kong por reprimirem os manifestantes com meios violentos. Também condenaram a China de prejudicar a democracia e a liberdade de Hong Kong.

Em reação a isso, Hua Chunying disse que as afirmações dos senadores forneceram justamente as novas provas de que os EUA interferiram nos incidentes de Hong Kong, fato que foi negado pela Casa Branca. Os políticos norte-americanos adornaram as violências e os crimes e destroçaram a ação de combate aos crimes pela polícia local como repressão violenta. Eles incitaram o confronto da população com o governo local e central, a fim de tirar vantagens próprias por meio dos caos.

Tradução: Laura

Revisão: Diego

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Paisagem de Lago Oeste Delgado em Yangzhou
Flash Mob da cultura chinesa acontece em São Paulo
Exposição multimídia de artes visuais abre em Beijing
Tufão Lekima atinge as províncias de Zhejiang e Shandong
Turismo ecológico em Zhejiang
Paisagem noturna de Nanchang, capital da província de Jiangxi

Notícias

Jackie Chan espera pela paz em Hong Kong
China promove desenvolvimento do setor de inovação científica e tecnológica na bolsa de valores
Aeroporto Internacional de Hong Kong recupera operação
Likima afeta 8,97 milhões de pessoas na China
Exposição de Cinema e Televisão China-Brasil é inaugurada no Rio de Janeiro
China tomará várias medidas para promover emprego