China pede mais esforços na formação de adolescentes talentosos de inovação

Published: 2019-07-26 12:43:32
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O vice-presidente da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês e presidente da Associação de Ciência e Tecnologia da China,WanGang, pediu que diversas camadas sociais promovam a formação de mais adolescentes talentosos no setor de inovação tecnológica no país.
O discurso de WanGang foi feito nesta quinta-feira (25), em Macau, durante a cerimônia de encerramento do 34º Concurso de Inovação de Ciência e Tecnologia de Adolescentes da China. O concurso que durou seis dias atraiu representantes de mais de 50 países e regiões, atingindo, deste modo, um novo recorde em termos de participação, comparativamente aos anos anteriores.
O prêmio mais importante do concurso foi entregue a quatro candidatos, provenientes deBeijing, Macau e Suécia.
Por outro lado, 71 projetos conquistaram o primeiro lugar, enquanto 163 projetos tiveram o segundo prêmio seguidos de um total de 226 projetos que alcançaram o terceiro lugar.
Durante a realização do evento foram realizadas também diversas atividades de intercâmbio interpessoal, incluindo fórum de educação,showde tema científico, visita de laboratórios e museu de Macau.


Tradução: Li Jinchuan

Revisão: Hilário Taimo

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Bela paisagem de verão em Xinjiang
Turistas visitam museu de astronomia durante as férias de verão em Guizhou
Campo de flores de canola em Menyuan, província de Qinghai
Pessoas se refrescam em corredeira em Nanchang
Crianças aprendem sobre classificação do lixo em Hefei
Tóquio 2020: Toyota apresenta os robôs mascotes para receber atletas e espectadores

Notícias

China pede mais esforços na formação de adolescentes talentosos de inovação
Comentário: Quem está intimidando os outros pelo mundo?
Número de mortos sobe para 15 em deslizamento de terra no sudoeste da China
Cristiano Ronaldo brilha no jogo da ICC e Inter perde jogo em “casa” nos pênaltis
Comentário: Hegemonia norte-americana é a verdadeira destruidora da ordem internacional
China divulga Livro Branco sobre defesa nacional