China pede mais esforços na formação de adolescentes talentosos de inovação

Published: 2019-07-26 12:43:32
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O vice-presidente da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês e presidente da Associação de Ciência e Tecnologia da China,WanGang, pediu que diversas camadas sociais promovam a formação de mais adolescentes talentosos no setor de inovação tecnológica no país.
O discurso de WanGang foi feito nesta quinta-feira (25), em Macau, durante a cerimônia de encerramento do 34º Concurso de Inovação de Ciência e Tecnologia de Adolescentes da China. O concurso que durou seis dias atraiu representantes de mais de 50 países e regiões, atingindo, deste modo, um novo recorde em termos de participação, comparativamente aos anos anteriores.
O prêmio mais importante do concurso foi entregue a quatro candidatos, provenientes deBeijing, Macau e Suécia.
Por outro lado, 71 projetos conquistaram o primeiro lugar, enquanto 163 projetos tiveram o segundo prêmio seguidos de um total de 226 projetos que alcançaram o terceiro lugar.
Durante a realização do evento foram realizadas também diversas atividades de intercâmbio interpessoal, incluindo fórum de educação,showde tema científico, visita de laboratórios e museu de Macau.


Tradução: Li Jinchuan

Revisão: Hilário Taimo

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong