Comentário: países ocidentais devem aprender com Xinjiang sobre combate ao terrorismo

Published: 2019-07-16 19:35:12
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Recentemente, trinta e sete embaixadores em Genebra enviaram uma carta assinada ao presidente do Conselho dos Direitos Humano da ONU e ao comissário dos Direitos Humanos, avaliando positivamente o desenvolvimento da causa dos direitos humanos em Xinjiang, na China, e o resultado do combate ao terrorismo e extremismo. O fato demonstra que a avaliação de alguns países ocidentais sobre Xinjiang é injusta e infundada. Em vez de criticar, eles devem aprender com Xinjiang sobre combate ao terrorismo para revolver a própria questão.

Dentre os 37 países, alguns são países islâmicos e alguns diplomatas já visitaram Xinjiang em junho deste ano. Eles testemunharam o rápido desenvolvimento econômico e a estabilidade social da região. As opiniões deles sobre Xinjiang são persuasivas, tornando as acusações formuladas por 22 países europeus completamente infundadas. Na verdade, esses países utilizaram o pretexto dos direitos humanos, e adotaram um padrão duplo nas questões relacionadas à violência e ao terrorismo, a fim de interferir nos assuntos internos da China.

As acusações dos países ocidentais sobre Xinjiang ignoraram a história e realidade da região. O governo chinês tem adotado uma série de medidas para defender a estabilidade de Xinjiang e lutar contra os terroristas, o que é exatamente a maior defesa e proteção dos direitos humanos na região.

O governo ainda estabeleceu centros de capacitação profissional em Xinjiang, cujos resultados são óbvios. Nos últimos três anos, Xinjiang não registrou nenhum caso terrorista. O PIB em 2018 cresceu 6,1% comparado com o mesmo período do ano anterior. E mais de 150 milhões de turistas visitaram Xinjiang em 2018.

O terrorismo e o extremismo são desafios comuns enfrentados pela comunidade internacional, incluindo pelos países ocidentais. Se continuarem a adotar um padrão duplo nesta questão, os países ocidentais sofrerão com terrorismo. Em vez de acusações, devem visitar Xinjiang e conhecer propriamente as experiências da região sobre o combate ao terrorismo.

Tradução: Xia Ren

Revisão: Gabriela Nascimento

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong