Changsha foca em se tornar o centro de manufatura inteligente da China

Published: 2019-04-30 15:10:03
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Changsha foca em se tornar o centro de manufatura inteligente da China

A Zona de Desenvolvimento Econômico de Changsha, capital da província de Hunan, foi criada em 1992 e se qualificou em nível nacional em 2000. Visando a meta de “construir uma área exemplar de manufatura inteligente da China”, a cidade se dedica em impulsionar a execução dos projetos e a construção de cadeias industriais, a fim de promover um desenvolvimento econômico de alta qualidade.

As indústrias locais focam em maquinário, automóveis, autopeças, informações tecnológicas e aquelas de integração civil-militar. Até o momento, 206 empresas do setor industrial e 207 de alta tecnologia operam na Zona de Desenvolvimento Econômico de Changsha, incluindo 34 integrantes do ranking das 500 maiores companhias do mundo. A renda total do comércio de tecnologia e indústria supera os 350 bilhões de yuans.

Tradução: Paula Chen

Revisão: Diego Goulart

1234...MoreTotal 6 pagesNext

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong