Changsha foca em se tornar o centro de manufatura inteligente da China

Published: 2019-04-30 15:10:03
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Changsha foca em se tornar o centro de manufatura inteligente da China

A Zona de Desenvolvimento Econômico de Changsha, capital da província de Hunan, foi criada em 1992 e se qualificou em nível nacional em 2000. Visando a meta de “construir uma área exemplar de manufatura inteligente da China”, a cidade se dedica em impulsionar a execução dos projetos e a construção de cadeias industriais, a fim de promover um desenvolvimento econômico de alta qualidade.

As indústrias locais focam em maquinário, automóveis, autopeças, informações tecnológicas e aquelas de integração civil-militar. Até o momento, 206 empresas do setor industrial e 207 de alta tecnologia operam na Zona de Desenvolvimento Econômico de Changsha, incluindo 34 integrantes do ranking das 500 maiores companhias do mundo. A renda total do comércio de tecnologia e indústria supera os 350 bilhões de yuans.

Tradução: Paula Chen

Revisão: Diego Goulart

1234...MoreTotal 6 pagesNext

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Koalas no Parque Safari Chimelong em Guangzhou
A ilha de Weizhou: um lugar tão bonita quanto uma esmeralda
Exibição Horticultural Internacional de Beijing será aberta em 29 de abril
Ônibus de condução automática desafia ponte de vidro em Hunan
Relíquias culturais devolvidas pela Itália em exibição no museu nacional
Centro de Imprensa do Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional inicia operação experimental

Notícias

Beijing sedia Exposição Internacional de Horticultura 2019
Xi Jinping conversa com Marcelo Rebelo de Sousa
Os trabalhadores são as pessoas mais admiráveis
Beijing sedia Exposição de Horticultura de Beijing 2019
​Comentário: o que faremos para viver melhor?
Xi Jinping e líderes estrangeiros visitam Exposição Internacional de Horticultura