Comentário:Carisma chinês conquista investimento estrangeiro

Fonte: CRI Published: 2019-02-12 17:42:15
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Ministério do Comércio da China revelou hoje (12) em Beijing que em 2018 foram estabelecidas 60.533 empresas com investimento estrangeiro no país, uma alta de 69,8% em comparação com o ano anterior. Além disso, o país asiático atraiu 885,61 bilhões de yuans em 2018, registrando um crescimento de 0,9%. Em um contexto de estagnação do investimento estrangeiro no mundo, a China, com seu carisma único, se destaca no mercado internacional em relação ao investimento estrangeiro. No ano passado, três características se destacaram no uso dos investimentos estrangeiros na China.

O país alcançou a otimização da estrutura do investimento, o que resultou em melhoria da qualidade e quantidade do investimento estrangeiro. No ano passado, 30,6% e 35,1% dos investimentos estrangeiros foram destinados à manufatura e à alta tecnologia, resultado da liberação da restrição aos capitais estrangeiros pelo governo chinês. O fabricante de automóvel elétrico dos EUA, Tesla, começou a construção da sua primeira superfábrica fora dos EUA, em Shanghai. A BMW anunciou novo investimento de 3 bilhões de euros na China. As empresas multinacionais demonstraram sua confiança no mercado chinês com ações concretas. De fato, quando as empresas estrangeiras investem mais na China, especialmente no setor de manufatura e na alta tecnologia, elas terão mais retorno econômico, pois o governo chinês está promovendo o crescimento econômico de alta qualidade e a atualização do consumo.

No ano passado, mais investimentos estrangeiros foram destinados à região centro-oeste da China. Em 2018, capitais estrangeiros de 64,6 bilhões e 64,8 bilhões de yuans chegaram ao oeste e centro do país asiático. Nos últimos anos, Beijing tem implementado sua estratégia de desenvolvimento coordenado regional e apoiado mais investimento estrangeiro ao centro e oeste do país, abrindo assim mais espaço para os capitais estrangeiros.

Os investimentos oriundos das economias desenvolvidas registraram rápido crescimento na China. De acordo com as estatísticas do ano de 2018, o investimento do Reino Unido na China cresceu 150,1%; da Alemanha 79,3%; Coreia do Sul 24,1%; Japão 13,6%; e EUA 7,7%. Mesmo no contexto de atrito comercial entre Beijing e Washington, o investimento norte-americano cresceu. Tudo isso provou que o mercado chinês, que conta com uma população de 1,4 bilhão, é indispensável para qualquer empresa multinacional.

Não há, em todo o mundo, outro mercado semelhante à China, que tem enorme potencialidade e todas as condições propícias ao investimento estrangeiro. No futuro, o governo chinês continuará a melhorar sua política industrial e científica, além da aquisição governamental, financiamento e listagem das empresas no mercado acionário, para que todas as empresas estrangeiras que confiem no mercado chinês tenham bons lucros e maior espaço de desenvolvimento.

Tradução: Xia Ren

Revisão: Layanna Azevedo

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Paisagem florida atrai turistas em Fuzhou
Mar de flores de canola em Luoping, na província de Yunnan
Paisagem de neve dos resorts turísticos em toda a China
Pandas gigantes aproveitam presente especial do Festival da Primavera em parque de Guangzhou
Macau: Mercados realizam preparativos para Festival da Primavera
Nanjing: Festival de Lanternas de Qinhuai

Notícias

Reino Unido e Suíça assinam acordo de continuidade comercial para pós-Brexit
Dirigir uma nova era: Shanghai amplia Reforma e Abertura
Por que Xi Jinping elogia Ma Shanxiang
China repudia entrada de navios militares norte-americanos no mar do arquipélago de Nansha
Comentário: Três motores promovem consumo do feriado da Festa da Primavera
Novo trem e ponte impulsionam turismo de Hong Kong durante Festa da Primavera