Mercadoria estrangeira entra na lista de compras de chineses em ano novo lunar

Published: 2019-02-07 18:38:02
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Para os chineses, fazer compras é uma das atividades indispensáveis durante a Festa da Primavera, o ano novo lunar chinês. No festival deste ano, os produtos estrangeiros foram uma parte importante na lista de compras dos chineses, elevando o nível de consumo da população.

Sendo o primeiro ano novo lunar após a realização da 1ª Exposição Internacional de Importação, os produtos estrangeiros estão presentes em todos os cantos de supermercado chinês. As cerejas do Chile, as frutas secas dos Estados Unidos, a carne bovina da Argentina e o chocolate da Bélgica já não são novidades para o consumidor chinês. Agora, eles acrescentaram na lista de compras os produtos digitais e de inteligência artificial fabricados no exterior. O aperfeiçoamento da logística e o desenvolvimento de e-commerce facilitou bastante o acesso dos chineses aos produtos estrangeiros. Enquanto os jovens estão fazendo compras online, as pessoas de média e alta idade compram nas lojas físicas os produtos dos países do Cinturão e Rota levados pelos trens China-Europa.

Na cidade de Xi’an, no oeste da China, os cidadãos podem comprar os produtos de mais de 40 países e regiões na 1ª Feira de Produtos do Trem China-Europa. Em Zhengzhou, centro da China, mais de 100 mil produtos provenientes de 70 países, como Rússia, Alemanha, Itália, França e Japão, competem no shopping center de livre comércio Zhongdamen. Em Yiwu, na província de Zhejiang, sul da China, o volume total que os chineses gastaram durante a feira de compras de produtos estrangeiros chegou a cerca de 20 milhões de dólares.

O panorama é uma reflexão vívida da crescente abertura do mercado chinês. O relatório do 19º Congresso Nacional do Partido Comunista da China disse que o país está passando de um crescimento de alta velocidade para um desenvolvimento de qualidade. O presidente chinês, Xi Jinping, ressaltou que os êxitos econômicos da China nos últimos 40 anos foram alcançados na abertura e que o país dependerá ainda da abertura para concretizar o crescimento econômico de qualidade. A abertura de um nível mais alto não é apenas uma exigência para satisfazer a população chinesa na busca de uma vida melhor, mas uma necessidade para concretizar o crescimento de qualidade, como também uma política pragmática da China frente ao panorama internacional complexo.

Desde o ano passado, a abertura foi uma das palavras mais repetidas por líderes chineses. O país também adotou uma série de medidas para pôr em prática a estratégia. Das quais, estão a redução do nível total de tarifas alfandegária para 7,5%, a concessão do tratamento nacional às empresas estrangeiras antes da entrada no mercado chinês, assim como o mecanismo da lista negativa para os investidores estrangeiros.

Na 1ª Exposição Internacional de Importação, os contratos fechados atingiram o volume de US$57,8 bilhões, o que deu uma injeção de confiança aos participantes estrangeiros. Na promoção da 2ª edição, as empresas estão com pressa para reservar com antecipação os estantes. Mesmo com a expansão da área de exposição do exterior para 300 mil metros quadrados, não foi suficiente. A Itália já reservou dois mil metros quadrados e a Nova Zelândia ficou também com mais de um mil. No ano passado, o Japão foi o país com maior área de exposição, mas o responsável pela exibição japonesa está preocupado agora com a posição deste ano, já que há tantos países competindo para mostrar suas especialidades.


Tradução: Laura

Revisão: Diego



Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Pandas gigantes aproveitam presente especial do Festival da Primavera em parque de Guangzhou
Macau: Mercados realizam preparativos para Festival da Primavera
Nanjing: Festival de Lanternas de Qinhuai
Centro de distribuição automatizado inaugurado em Nanjing
Paisagem de inverno em parque florestal de Qinghai
Pessoas visitam mercado para compras do Festival da Primavera

Notícias

​Líder chinês está preocupado com a vida das minorias étnicas
​A outra identidade de Xi Jinping
Espetáculo Alma Shaolin na gala do réveillon gera repercussão
Comentário: turistas chineses contribuem para recuperação econômica global
Xi Jinping e a inovação
Portugal tem ambição em relação com a China, diz embaixador de Portugal