China exige que EUA abandone a mentalidade de Guerra Fria

Published: 2019-01-24 19:28:08
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Os EUA divulgaram a nova estratégia Nacional de Inteligência, segundo a qual a Rússia e a China são suas principais ameaças. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hua Chunying, respondeu no dia 23 em uma coletiva de imprensa que a China se opõe firmemente à afirmação.

A porta-voz reiterou que a China sempre segue o caminho do desenvolvimento pacífico e insiste na política defensiva de defesa nacional. O lado chinês exige que os EUA abandonem a mentalidade de Guerra Fria e o conceito ultrapassado de jogo de soma zero, trabalhando para fortalecer a confiança mútua e para promover a paz e a estabilidade mundial.

Tradução: Ângela Han

Edição: Diego Goularte

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Pessoas visitam mercado para compras do Festival da Primavera
Novo aeroporto de Beijing recebe "primeiro voo"
Turistas se divertem no Rio Songhua congelado em Harbin
Tripulação de trem-bala chinês irá contar com membros estrangeiros durante período do Festival da Primavera
Paisagem de lago Dianchi em Kunming
ONU lança selos comemorativos do Ano do Porco

Notícias

Comentário: Uma chave para compreender melhor a China
Venezuela anuncia rompimento das relações diplomáticas com EUA
Rússia e Japão precisam de paciência a longo prazo antes da assinatura do tratado de paz
China e Camboja procuram novos esforços para impulsionar laços econômico e comercial
Comentário: França e Alemanha assinam acordo para frear crescimento do populismo?
Comentário: Globalização 4.0 precisa contribuição de todos os países