Comentário: CIIE oferece oportunidade a países em desenvolvimento

Published: 2018-11-10 19:10:40
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A Exposição Internacional de Importação da China (CIIE, na sigla em inglês) é um bom exemplo de desenvolvimento abrangente e de benefícios universais. Mais de 3600 empresas provenientes de 172 países, regiões e organizações internacionais do mundo, incluindo os membros do G20, 58 países do Cinturão e Rota e 35 países em desenvolvimento, participaram do evento.

Para os países em desenvolvimento, o governo chinês ofereceu de graça dois estandes para cada um país, além de reduzir ou isentar os custos da exposição. Tantos os países desenvolvidos como os países em desenvolvimento podem encontrar oportunidades de negócios na CIIE.

Joias da Zâmbia, camarões da Indonésia, sorvetes da Turquia, e muitos outros produtos dos países em desenvolvimento são exibidos aqui. A empresa de alimentos do Brasil, JBS, assinou no segundo dia da exposição um acordo de US$ 1,5 bilhão com o gigante de comércio eletrônico chinês, Alibaba.

O secretário-geral da OMC, Roberto Azevedo, afirmou que a China tem uma relação muito boa com outros países em desenvolvimento no longo prazo e o aumento das importações pela China vai beneficiar mais seus parceiros.


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Tripulação de trem-bala chinês prepara-se para o Festival da Primavera
Tesla inicia construção de fábrica em Shanghai
Pântano de metasequoias em Yunnan
Cidade Proibida realiza exposição comemorativa do Festival da Primavera
Pandas-gigantes se divertem no inverno de Shandong
Lanternas tradicionais são fabricadas para receber Festival da Primavera

Notícias

China promoverá novas medidas para incentivar consumo e ampliar abertura
Chefe Executivo da RAEM recebe novo comandante da Guarnição do Exército chinês
Embaixador chinês reúne-se com alto oficial do Itamarty no Brasil
Palestina pede à ONU que impeça Israel de construir assentamentos judaicos
Dois acadêmicos ganham mais alto prêmio de ciência e tecnologia da China
Houthis dizem ter dialogado com enviado especial da ONU sobre cessar-fogo