​Xi Jinping fala sobre mudanças da China

Published: 2018-10-23 11:11:15
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

No ano de 1978, quando a China começou a aplicar a reforma e abertura, a renda per capita dos chineses era de apenas US$ 190, e 770 milhões de pessoas viviam na pobreza no meio rural. Mas agora, com o desenvolvimento obtido em 40 anos, a China já é o segundo maior bloco econômico do mundo, a renda per capita da população ultrapassa US$ 8.800, e mais de 700 milhões de pessoas já saíram da pobreza. “Milagre chinês” é a expressão mais utilizada ao se comentar os êxitos da reforma, abertura e desenvolvimento do país asiático. 

Nos olhos do presidente chinês, Xi Jinping, as grandes mudanças no desenvolvimento socioeconômico chinês podem ser resumidas em “quatro processos”.

- O processo de avanço com exploração do caminho. Não há exemplo precedente na história de um país populoso com mais de 1,3 bilhão de pessoas que realiza a modernização. A China está destinada a trilhar seu próprio caminho. Devido a isto, com o aprofundamento da reforma e abertura e a constante exploração, o país criou e desenvolveu o socialismo com características chinesas. 

- O processo de esforços práticos com resultados concretos. Persistindo na tarefa central do desenvolvimento econômico, o povo chinês, com coragem, ânimo, esforços e espírito de “martelar pregos”, fez da China o segundo maior bloco econômico do globo, o maior país no comércio de mercadorias e o terceiro maior país no investimento direto ao exterior. 

- O processo de promoção da prosperidade comum. O desenvolvimento é para o povo, se apoia no povo e os resultados o beneficiam, o que é o objetivo final da China para impulsionar a reforma e abertura e a modernização socialista. Desde o início da reforma e abertura, mais de 700 milhões de pessoas saíram da pobreza, e mais de 1,3 bilhão de pessoas viram sua vida ser melhorada. 

- O processo de aproximação entre a China e o mundo. O país sustenta a política diplomática independente de paz, segue a política nacional básica de abertura ao exterior, persiste em “sair porta afora” e “introduzir ao interior”, e promove de forma ativa a formação de uma ordem internacional mais justa e razoável. Com tudo isso, a China tem aprofundado as interações com o exterior, possuindo amigos espalhados por todo o mundo.

As observações de Xi Jinping verificam que a China atingiu os êxitos de hoje devido à reforma e abertura, e que o país continuará a persistir nela para obter o desenvolvimento constante.


tradução: Shi Liang   

revisão: Layanna Azevedo

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Aviões de grande porte no Airshow China 2018
Restaurante automático serve clientes em Beijing
Festa Global de Programadores foi realizada em Xi´an
Salão do Automóvel de São Paulo 2018
Caças chineses em destaque no Airshow China
Paisagem noturna de Wuzhen

Notícias

Importações da China saltam 26,3% e exportações sobem 20,1% em outubro
Tiroteio deixa 13 mortos na Califórnia
Comentário: exposição de importação ilumina o futuro
Comentário: uma “ponte à prosperidade” é vital para a China e o mundo
Inaugurada 5ª Conferência Mundial da Internet
Qingdao inaugura primeiro metrô com túnel submarino da China