​Comentário: três ferrovias justificam a amizade entre China e África

Fonte: CRI Published: 2018-08-31 20:05:40
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Nos anos 1960, a Tanzânia e a Zâmbia, duas nações africanas que conseguiram a independência, planejavam construir uma linha ferroviária que interligava os dois países. Pediram ajuda a países europeus e ao Banco Mundial, que se recusaram, no entanto, a dar o apoio. Em fevereiro de 1965, o então presidente da Tanzânia, Julius Nyerere, visitou a China e mencionou a ideia à liderança chinesa, que deu uma resposta positiva. A linha ferroviária, com uma extensão de 1860 quilômetros, entrou em funcionamento em julho de 1976. Mais de 60 trabalhadores chineses perderam a vida durante a construção. A ferrovia Tanzânia-Zâmbia é um símbolo do apoio chinês à busca da libertação e da independência pelos países africanos.

 

Passados 40 anos, a China ajudou a construir mais uma linha ferroviária transnacional no continente africano. A ferrovia eletrificada, que conecta Addis Abeba, capital da Etiópia, e Djibouti, capital da República do Djibouti, foi construída segundo os critérios chineses, empregando equipamentos da China. Esta linha é considerada como “mais uma ferrovia Tanzânia-Zâmbia na nova época”.

 

Em maio de 2017, entrou em funcionamento a ferrovia Mombasa-Nairóbi, também construída por empresas chinesas. Com uma velocidade de 120 quilômetros por hora para o transporte de passageiros, a linha é considerada como o “trem bala africano”. O projeto criou, até o momento, mais de 46 mil postos de trabalho, respondendo por 1,5% do crescimento do PIB do Quênia.

 

Tradução: Inês Zhu

Revisão: Layanna Azevedo

 

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Museu Nacional da China inaugura galeria sobre mudanças do país nos últimos 40 anos
Lavouras de trigo em Xinjiang, noroeste da China
Centro de imprensa para o Fórum de Cooperação China-África inicia período de testes
Beijing decorada para receber o Fórum de Cooperação China-África
As mais belas paisagens naturais da África
China Post lança selos especiais com temática do Cinturão Econômico do Rio Yangtzé

Notícias

​Comentário: três ferrovias justificam a amizade entre China e África
Jornalistas africanos de Língua Portuguesa avaliam positivamente a cooperação sino-africana
Cooperação sino-africana é importante para paz e desenvolvimento do mundo, diz secretário-geral da ONU
China quer aproveitar mecanismo de diálogo com ministro das finanças do Japão
Xi Jinping conversa com presidente de Serra Leoa
Após Brexit, "Reino Unido globalizado" deve cooperar com China