Centro de Mídia da cúpula China-África já opera e traz inteligência artificial

Fonte: CRI Published: 2018-08-29 17:07:09
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Centro de Mídia da Cúpula de Beijing do Fórum de Cooperação China-África 2018, instalado no Hotel Internacional de Beijing, começou nesta quarta-feira (29) uma operação-teste. O centro tem uma área total de 8,3 mil metros quadrados, contando com as áreas de serviços integrados, mídia, inteligência artificial, divulgação de informações, controle de sinais e demonstração cultural. Mais de 2,6 mil jornalistas chineses e estrangeiros vão participar da cobertura do evento.

O vice-diretor do departamento de imprensa do Ministério das Relações Exteriores da China, Li Minggang, afirmou que o centro de mídia fornecerá serviços em mandarim, inglês e francês, de forma a facilitar os trabalhos de reportagem dos jornalistas estrangeiros.

Anfitriã da cúpula, Beijing é uma cidade internacional com a longa história e uma civilização antiga. Durante o fórum, o centro de mídia organizará uma exposição para mostrar os patrimônios culturais, as riquezas naturais e a modernização da capital chinesa.

Além disso, o centro também aproveitará os meios de alta tecnologia para servir aos jornalistas, como o sistema de orientação multimídia, armários eletrônicos de reconhecimento facial e robôs dotados de inteligência artificial.

Tradução: Zhao Yan

Edição: Rafael Fontana

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Beijing decorada para receber o Fórum de Cooperação China-África
As mais belas paisagens naturais da África
China Post lança selos especiais com temática do Cinturão Econômico do Rio Yangtzé
Ronghua, um tipo de decoração de gancho de cabelo das mulheres da antiguidade da China
Cooperação China-África em infraestrutura
Beijing se prepara para receber próxima Cúpula do Fórum de Cooperação China-África

Notícias

Centro de Mídia da cúpula China-África já opera e traz inteligência artificial
China persistirá em consultas mútuas na construção do Cinturão e Rota
Beijing recebe seminário sobre riscos legais do investimento e comércio internacional
Estados Unidos e México fecham acordo comercial
Chanceler chinês aborda perspectiva das relações entre China e Grécia
Comentário: repetidas sanções dos EUA são traição à aliada UE