Secretário do Comércio e Desenvolvimento de Hong Kong critica guerra comercial

Published: 2018-07-06 17:06:03
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Secretário do Comércio e Desenvolvimento de Hong Kong critica guerra comercial

O secretário do Comércio e Desenvolvimento Econômico da Região Administrativa Especial de Hong Kong, Edward, Yau Tang-wah, disse no dia 5 que desde a criação do Acordo Geral sobre Tarifas Aduaneiras e Comércio (GATT, na sigla em inglês) até a fundação da Organização Mundial do Comércio, a comunidade internacional sempre diminui as tarifas e elimina barreiras comerciais para impulsionar o comércio global. O aumento das tarifas, ou a guerra comercial, será um recuo na história do comércio internacional, disse Yau.

O secretário afirmou que, nos últimos 20 anos, o volume comercial do mundo aumentou como resultado da redução das barreiras comerciais. No entanto, ele afirmou que, caso ocorra uma guerra comercial, a situação comercial poderá se inverter. Nesse caso, Hong Kong, como sétimo maior centro comercial do planeta, será inevitavelmente influenciado.

Yau revelou que Hong Kong vai adotar medidas eficazes para enfrentar os eventuais riscos, como o apoio às pequenas e médias empresas e a participação da construção do Cinturão e Rota, entre outras.


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Shanghai recebe 7ª Exposição Internacional de Robótica da China
Provadores profissionais de lagostins, uma nova ocupação na China
Show de vestidos da minoria étnica de Miao
Passadeira iluminada com IA instalada em Hangzhou
Monte Fanjing da China entra na lista de Patrimônio Mundial da UNESCO
Lavandas florescem no vale do rio Ili em Xinjiang

Notícias

Ninguém se beneficiará da guerra comercial, diz premiê chinês
Especialista em Relações sino-alemães comenta visita do premiê chinês à Alemanha
Secretário do Comércio e Desenvolvimento de Hong Kong critica guerra comercial
Li Keqiang desembarca em Sófia, iniciando visita à Bulgária
Naufrágios na Tailândia deixam um chinês morto e 50 desaparecidos
Liangjiahe 6 – vida melhor em todos os lares