Novo aeroporto de Beijing atenderá a condições de navegação em setembro de 2019

Published: 2018-05-17 18:55:57
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

     A Comissão Municipal de Habitação e Desenvolvimento Urbano-Rural de Beijing anunciou nesta quarta-feira que o novo aeroporto internacional da cidade será concluído até o final deste ano e atenderá às condições de navegação em setembro de 2019.

  As autoridades locais relataram que a construção do aeroporto está decorrendo bem. O terminal foi completado e a decoração interna e a instalação de equipamentos estão em andamento.

  Segundo a comissão, uma área de terminal de 700 mil metros quadrados, quadro pistas e 268 postos de aeronaves serão adicionados à capital chinesa, uma vez que o novo aeroporto entre em operação. Designs criativos para a conveniência de passageiros foram adotados para cortar a distância entre o check-in e o embarque, além de poupar o tempo para a coleta de bagagens.

  O aeroporto, localizado 46 quilômetros ao sul do centro de Beijing, é projetado para reduzir a pressão do Aeroporto Internacional Capital de Beijing, nos subúrbios no norte da cidade. O novo se situa na junção do distrito de Daxing, em Beijing, com Langfang, uma cidade na Província de Hebei. 

(Xinhua)

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Linda paisagem do vale Jiuzhaigou no verão
A maior roda gigante sem aros centrais do mundo aberta ao público
Um prédio tornou-se popular nas redes sociais chinesas
Capela de São Jorge no Castelo de Windsor
Semana de Moda de Graduados da China
Parque Florestal Nacional do Mar Amarelo em Jiangsu

Notícias

Chanceleres chinês e espanhol participam de entrevista coletiva
Exibição Internacional de Filmes e Programas de Televisão da China é aberta em Beijing
Empresas de filmes e TV promovem divulgação da cultura chinesa no exterior
Oficial da Embaixada do Sri Lanka na China espera assistir mais obras chinesas em cingalês
Han Zaihe confirma alta complementaridade da indústria de Cinema e Televisão entre a China e a Coreia do Sul
Wang Yi destaca três oportunidades para aprofundar parceria sino-francesa