China simplificará procedimentos para criação de empresas financiadas por estrangeiros

Published: 2018-05-17 18:55:22
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

    A China simplificará os procedimentos para o estabelecimento de empresas de capital estrangeiro, a fim de promover o comércio e facilitar o investimento.

  Segundo um comunicado divulgado após uma reunião executiva do Conselho de Estado presidida pelo primeiro-ministro Li Keqiang nesta quarta-feira, as medidas serão tomadas para reduzir dramaticamente o tempo necessário para o registro de empresas estrangeiras.

  A partir de 30 de junho, as empresas estrangeiras terão um arquivamento e registro de negócios muito mais fáceis, já que os procedimentos serão concluídos sem papéis e de forma gratuita, sem necessidade de presença pessoal.

  Para facilitar a implementação, bancos, alfândegas e agências fiscais e cambiais vão compartilhar as informações comerciais e coordenar a administração.

  A China tem impulsionado um acesso mais fácil para o investimento estrangeiro com uma série de políticas favoráveis elaboradas este ano.

  Mais de 35 mil empresas de capital estrangeiro foram criadas no continente chinês no ano passado, com o investimento direto atingindo um recorde de 878 bilhões de yuans (US$ 140 bilhões).

  A reunião também decidiu integrar as plataformas online de serviços governamentais de nível nacional, provincial e municipal, com todos os itens acessíveis na internet, exceto os estipulados por leis e informações confidenciais.

  Pelo menos 90% dos itens de serviços oferecidos em nível provincial e 70% em nível municipal e distrital estarão disponíveis online até o final de 2019.

  De acordo com a reunião, também serão implementadas uma série de medidas para reduzir os custos logísticos em mais de 12 bilhões de yuans este ano.

  Os impostos sobre o uso da terra serão reduzidos pela metade para as empresas de logística que alugam terrenos para armazéns entre maio de 2018 e o final de 2019. Os impostos sobre a compra de veículos de reboques serão reduzidos pela metade durante os próximos três anos a partir de julho. As estações de pedágio de vias expressas nas fronteiras provinciais serão removidas gradualmente. 

(Xinhua)





Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Linda paisagem do vale Jiuzhaigou no verão
A maior roda gigante sem aros centrais do mundo aberta ao público
Um prédio tornou-se popular nas redes sociais chinesas
Capela de São Jorge no Castelo de Windsor
Semana de Moda de Graduados da China
Parque Florestal Nacional do Mar Amarelo em Jiangsu

Notícias

Chanceleres chinês e espanhol participam de entrevista coletiva
Exibição Internacional de Filmes e Programas de Televisão da China é aberta em Beijing
Empresas de filmes e TV promovem divulgação da cultura chinesa no exterior
Oficial da Embaixada do Sri Lanka na China espera assistir mais obras chinesas em cingalês
Han Zaihe confirma alta complementaridade da indústria de Cinema e Televisão entre a China e a Coreia do Sul
Wang Yi destaca três oportunidades para aprofundar parceria sino-francesa