Xi’an sedia Fórum do Povo da Organização de Cooperação de Shanghai

Fonte: CRI Published: 2018-04-09 16:59:35
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O primeiro Fórum do Povo da Organização de Cooperação de Shanghai (OCS) foi aberto hoje (9) em Xi’an, capital da província Shaanxi. Mais de 80 políticos, representantes de organizações não-governamentais e membros de think-tanks de 12 países, incluindo os países membros da OCS, países observadores e parceiros, participaram do evento. Será discutido no Fórum o desempenho das organizações civis na defesa da paz, estabilidade e na promoção do desenvolvimento da região.

O Fórum tem como tema “A missão das organizações civis: promover a paz e a cooperação regional, e construir de mãos dadas a comunidade de destino comum”. O vice-presidente do Comitê Permanente da Assembleia Popular Nacional (APN), Ji Bingxuan, afirmou no seu discurso que a criação da comunidade de destino comum, o compartilhamento e o benefício recíproco são as bases na qual a China opera, e que o governo e povo chinês se esforçarão por elas.  Estas bases são também um consenso de todos os membros da OCS e precisam do trabalho de todos.

Ji Bingxuan deseja que o Fórum do Povo se torne uma plataforma pragmática e eficiente que reúna conselhos e propostas, promova o intercâmbio e estreite a amizade.

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Layanna Azevedo

 

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vila Bo'ao
Museu Nacional de Alexandria, Egito
Um ginásio especial em Chengdu
Visite grandes buracos naturais na terra em Yunnan
Flores desabrocham em montanhas da Grande Muralha em Beijing
Hainan tem primeira ferrovia de alta velocidade que rodeia uma ilha no mundo

Notícias

Xi’an sedia Fórum do Povo da Organização de Cooperação de Shanghai
Oito convidados discursam durante a Cúpula de Líderes de Mídia para a Ásia
Fórum Boao para a Ásia publica três relatórios sobre economia
Uma visão global do espírito português na Ásia caleidoscópio de culturas: intercâmbio e aprendizagem mútua
China e Áustria decidem estabelecer parceria estratégica
Barreiras dos EUA geram mais intercâmbio entre China e América Latina