Wang Yi espera boa interação entre acordos de livre comércio na Ásia-Pacífico

Published: 2018-03-08 15:32:37
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O chanceler chinês, Wang Yi, participou de uma entrevista coletiva, no Centro de Imprensa para a Primeira Sessão da 13ª Assembleia Popular Nacional (APN) da China hoje (8), em Beijing. Ele respondeu questões sobre "as políticas e relações externas da China", feitas por repórteres chineses e estrangeiros.

Em resposta a uma pergunta da Rádio International da China (CRI) sobre o Acordo Abrangente e Progressivo para a Parceria Transpacífica (CPTPP), assinado hoje no Chile, Wang Yi disse que a China não participou do acordo. No entanto, o país tem sido um defensor da liberalização do comércio e um participante importante da cooperação regional e integração econômica da Ásia-Pacífico.

Wang Yi afirmou que a China marca uma presença ativa na Parceria Econômica Regional Abrangente (RCEP), um acordo de livre comércio que está sendo negociado. Segundo o diplomata chinês, o país assume uma atitude positiva para quaisquer acordos, seja RCEP ou CPTPP, que sustentem a integração econômica na região da Ásia-Pacífico. Além disso, a China espera que os vários acordos de livre comércio na região da Ásia-Pacífico possam se coordenar uns com os outros e desempenhar um papel construtivo em seus respectivos campos, para combater o protecionismo comercial e alcançar a abertura da economia mundial.

Tradução: André Hu

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Salão do Automóvel de Genebra 2018
Estação das flores transforma paisagens na China
Rua em espiral em Chongqing
Correios da China emitem selos comemorativos da 13ª Assembleia Popular Nacional
Já ouviu falar em “espelhos 3D”?
Um novo tipo geomorfológico foi descoberto em Zhangye

Notícias

Diplomacia chinesa criará melhor ambiente para progresso da humanidade
Embaixador português na China afirma que país é gigante na inovação tecnológica
Xi Jinping delibera relatório de trabalho do governo com os delegados de Guangdong
China alcança marca histórica de alívio da pobreza em cinco anos
China dispensa condições adicionais à cooperação agrícola com África
Déficit financeiro da China será de 2,38 trilhões de yuans neste ano