Publicada primeira edição do Guia Michelin de Beijing

Fonte: CRI Published: 2020-01-07 16:24:41
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Beijing, capital chinesa, uma cidade com milhares de anos de história e patrimônio cultural abundante, está se tornando um dos destinos turísticos mais populares do mundo. A cultura culinária diversificada de Beijing é encantadora e impressionante. O que os inspetores do Guia Michelin encontrados nesta cidade são habilidades culinárias de alto nível, ingredientes variados e frescos, vários tipos de estilos de cozinha e serviços profissionais. Segundo Gwendal Poullennec, diretor internacional do Guia Michelin, os chefs e funcionários dos restaurantes selecionados não apenas herdaram a verdadeira essência do sabor de Beijing, mas também criaram uma diversidade incrível.

A primeira edição do Guia Michelin de Beijing inclui um total de 100 restaurantes, dos quais 20% são restaurantes com classificação por estrelas, uma proporção muito alta entre os primeiros lançamentos do Guia. Como uma cidade inclusiva, você pode degustar em Beijing as delícias de todas as cozinhas da China e os sabores deliciosos de diversos lugares do mundo. Na lista dos selecionados, os restaurantes chineses ocupam uma posição dominante, enquanto os restaurantes ao estilo europeu também receberam estrelas de Michelin.

O restaurante Xin Rong Ji, premiado com três estrelas na primeira edição do Guia Michelin de Beijing, impressionou os inspetores da Michelin pela perfeição intransigente. Dos ingredientes estritamente selecionados às habilidades impecáveis e serviços exemplares, todos os detalhes foram feitas de melhor maneira possível. Foi uma experiência gastronômica completa e extremamente agradável, possibilitada por uma orquestração abrangente e um arranjo atencioso. O cardápio foca na culinária de Taizhou, cidade da província de Zhejiang, no leste da China.

Há dois restaurantes de duas estrelas nesta edição do Guia Michelin, que são King’s Joy e Shanghai Cuisine. Localizado em uma casa clássica ao lado do Templo Yonghe, o King’s Joy serve principalmente os pratos vegetarianos com legumes orgânicos de fazendas locais e cogumelos selvagens de Yunnan. O restaurante está cheio de surpresas. No restaurante Shanghai Cuisine, o chef e seu equipe de cozinha reinterpretam a culinária típica da cidade com uma perspectiva contemporânea.

Neste Guia Michelin, há 21 restaurantes de uma estrela. Entre eles, a culinária de Beijing é um dos principais componentes. O Restaurante da Família Li tem uma longa história e agora é administrada pela quarta geração que ainda cozinha as receitas imperiais. O restaurante Poetry Wine, com preços razoáveis, serve também os pratos típicos de Beijing. O Jing Ya Tang, escondido em um hotel sereno no meio da movimentada área comercial de Sanlitun, oferece um local discreto e luxuoso para refeições. Além do prato laqueado de Beijing, preparados no forno de lenha, o cardápio também conta com delícias de diferentes províncias.

Juntamente com os restaurantes com classificação por estrelas, há também 15 restaurantes na seleção de Bib Gourmand e 62 restaurantes reconhecidos pelo Michelin Plate, que é concedido a restaurantes cujas cozinhas atendem aos requisitos de alta qualidade.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Paisagens da primavera em toda a China
Diversas atividades ao redor da China marcam o Dia da Terra
Pessoas jogam tênis em um centro esportivo na cidade Changsha
Fujian reforça proteção de aldeias antigas e restauração ecológica
Geoparque Global Leye-Fengshan em Guangxi
Mercados de flores em Wuhan retomam negócios

Notícias

Comentário: Provocação de discórdias não afeta relações sino-africanas
China liberará mais fundo para servir melhor as pequenas empresas
Investimento direto da China no exterior cai 0,6% no primeiro trimestre
China amplia teste de coronavírus e tratamento em áreas fronteiriças
Chefe do Executivo de Macau faz discurso sobre políticas de 2020
China limpará picos do Himalaia