Vida feliz de um rapaz francês na China

Published: 2019-10-14 10:09:41
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Quando se fala do Marrocos, muitos chineses pensam em casas azuis espalhadas nos morros de Chefchaouen, ou naquele filme clássico, “Casablanca”. Agora, as pessoas em Guangzhou têm a chance de provar os sabores marroquinos no restaurante La Medina. O francês Aurélien Liénard é dono deste restaurante. Ele mora na China há dez anos e ama a culinária do Marrocos.

“Meus amigos e eu estamos acostumados a comer comidas do Marrocos na França, especialmente o prato típico, o couscous. Esse prato foi escolhido pelos franceses como um dos seus pratos prediletos. Mas nesses anos morando na China, não encontrei nenhum restaurante do Marrocos em Guangzhou ou até no sul do país. Há alguns em Shanghai ou Hong Kong, mas aqui não tem. Então, naquele momento surgiu a ideia de abrir o meu próprio restaurante de comida marroquina.”

O restaurante La Medina está localizado na Zona Artística 289, em Guangzhou, província de Cantão. O restaurante é decorado ao estilo do Marrocos, com varanda azul clara, paredes pintadas à mão e teto iluminado por lâmpadas de vidros coloridos.

O La Medina foi aberto em 2017. Para Aurélien, o momento mais relaxante do dia é conversar com os clientes no seu restaurante.

“Esse é uma das vantagens dessa profissão que eu posso conhecer pessoas novas todos os dias e conversar com elas. Eu sempre convido amigos ao meu restaurante. Ter refeições com amigos é sempre uma coisa agradável.”

Aurélien gosta muito de sabores do oriente e está fascinado com as diferenças entre as culinárias ocidentais e orientais. Para Aurélien, não há uma cultura culinária superior a outra.

“Eu adoro a comida chinesa, especialmente a culinária de Hunan. Os pratos um pouquinho picantes, mas não tão fortes, são os meus favoritos. Além disso, eu gosto também das comidas servidas nas ruas da cidade. Os churrasquinhos que você compra nas ruas, hmmm, são deliciosos! Não temos esse tipo de comida na França. Antes de vir à China, eu não estava acostumado a comer berinjela na França. Mas meu deus, os chineses preparam a melhor berinjela do mundo! Eu adoro as berinjelas e também raviólis de diferentes tipos.”

Antes de se mudar para Guangzhou, Aurélien morou em Shanghai, Suzhou e Zhongshan. Cada uma dessas cidades lhe deixou uma experiência especial e única.

“Eu gosto de Suzhou. É uma cidade pequena, mas verdejante e tem uma longa história. Também adoro Guangzhou. Faz muito calor aqui no verão, é bem úmido, quase não há inverno. Mas as pessoas locais são muito simpáticas. Guangzhou fica no sul da China e é uma cidade calma. Na minha terra natal França, as pessoas em Paris são meio nervosas, mas as pessoas no sul são calmas e tranquilas. Outra coisa, se você ficar em Guangzhou, é muito fácil viajar daqui para países no sudeste asiático.”

Aurélien vive na China já há dez anos, testemunhando o rápido desenvolvimento da China.

“Dez anos atrás, não tínhamos Wechat, não tínhamos bicicletas compartilhadas. Eu sempre me pergunto que como era a vida dez anos atrás. Fico impressionado com o desenvolvimento tão rápido que a China registrou nesses anos. Os meus pais vivem numa pequena vila no norte da França com uma população de seis mil pessoas. Cada vez que voltei à casa de meus pais, não notei nenhuma mudança naquela vila. Em comparação a isso, o desenvolvimento da China é muito impressionante.”

Para Aurélien, sua meta número um é manter o bom negócio do seu restaurante. Se for possível, ele quer abrir mais restaurantes em outras cidades da China para que mais e mais chineses conheçam a gastronomia do Mar Mediterrâneo.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong