Vida feliz na China dos rinocerontes unicórnios vindos do Nepal

Published: 2019-06-25 10:54:11
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn


Olá, seja bem-vindo a mais uma edição do programa Pelos Quatro Cantos. Hoje, vamos conhecer dois amigos vindos do Nepal, Soaltee e Mitinee. Eles são rinocerontes vindos do Nepal e agora estão vivendo no Parque de Animais Selvagens de Shanghai, China.



“Soaltee, venha cá, venha cá. E tu, Mitenee, para cá!”

Eles são rinocerontes unicórnios, um mamífero encontrado no Nepal e na Índia, que vive nas pradarias altas e florestas no sopé dos Himalaias. Podemos saber pelo seu nome que esse tipo de rinoceronte só possui um único chifre, presente em ambos os sexos. Eles são considerados animal muito preciosos no Nepal.

No ano passado, eles chegaram à China como símbolos da amizade entre a China e o Nepal. Desde então, eles tem tido uma vida feliz em Shanghai.

Agora, Soaltee, rinoceronte macho de dois anos, e Mitenee, fêmea de três anos, são estrelas no Parque de Animais Selvagens de Shanghai. Mais de 300 mil turistas foram atraídos para conhecer esses amigos de longe.

“Eles têm corpo gigante, cauda bem curtinha e pés gordinhos, bem gordinhos!”

Infelizmente, rinocerontes unicórnios foram extintos na China. A chegada de Soaltee e Mitenee a Shanghai oferece ao público chinês uma oportunidade para apreciar esse animal interessante e bonito.

Sua pele, grossa e recortada por profundas pregas, é de cor cinzenta-acastanhada. Eles possuem um único chifre, que mede entre 20 e 53 cm, e que, tal como as nossas unhas, é feito de queratina. Os animais jovens não apresentam chifre, pois este só começa a crescer a partir dos seis anos. Mas ele não é usado como arma, é mais como um sinal de maturidade. Os machos pesam entre dois e três mil quilos e as fêmeas cerca de 1500 quilos. Eles medem de 365 a 380 cm de comprimento e de 145 a 170 cm de altura.


Paraque eles cresçam rápido e saudáveis, os criadores do parque têm se esforçado muito para criar um ambiente benéfico e garantir a nutrição dos alimentos a esses animais. O vice-diretor do Parque de Animais Selvagens de Shanghai, Zhong Yi, disse que essa é a primeira vez que Soaltee e Mitenee deixaram suas casas e estão vivendo em um local estrangeiro, o parque deve criar um lar confortável para eles.

“Construímos um campo de esporte especial para esses rinocerontes. A pele é grossa e dura, parece uma armadura de batalha. Mas as pregas são muito tenras e vulneráveis às picadas de mosquito. Então, preparamos uma piscina para eles tomarem banho de lama. Desse jeito, eles ficam bem protegidos dos mosquitos.”

Além disso, as refeições dos rinocerontes contêm rica nutrição, desde folhas de árvore, gramas, couves, pepinos e tomates frescos, entre outros. Os dois rinocerontes cresceram cerca de 400 quilos após chegar à China. Soaltee e Mitenee fizeram amigos também, como pavões e pássaros, que brincaram com eles quase todos os dias. Eles estão bem acostumados a interagir com turistas. Inclusive, às vezes, respondem aos comprimentos dos visitantes. Quando ouvem os turistas gritarem seus nomes “Soaltee” ou “Mitenee”, eles jamais ficam com medo.

Tang Leiming tem trabalhado como criador no parque zoológico há muito anos e, agora, é o responsável pelos dois rinocerontes. Ele lembra que Soaltee e Mitenee eram muito tímidos quando chegaram a Shanghai.

“No início, quando eu entrei na gaiola para entregar leite ou fruta, eles ficaram olhando sem se aproximar. Mais tarde, eu pude entrar e acariciar suas cabeças, especialmente no verão, quando faz muito calor e tem mosquitos voando. Eles ficaram bem dóceis para que eu possa colocar lama no seu corpo. Agora, somos amigos do peito!”

Além de limpar a gaiola, entregar alimentos e fazer exames físicos nos dois rinocerontes, Tang Leiming investe muito tempo “batendo papo” com Soaltee e Mitenee todos os dias. Quando Tang está fazendo a limpeza da gaiola, eles sempre se aproximam e mordem a camisa de Tang, como se dissessem: oi, tudo bem? Não faça limpeza, vamos conversar!


Zhong Yi disse que para que mais pessoas conheçam os rinocerontes unicórnios, o Parque de Animais Selvagens de Shanghai criou um espaço especial para divulgar os conhecimentos sobre esse animal.

“Nessa praça, construímos um mural de divulgação com informações. Os turistas podem conhecer mais sobre os rinocerontes, especialmente a espécie unicórnio. Além disso, o design da construção contém muitos elementos do Nepal. Para nós, esses rinocerontes são embaixadores de amizade entre a China e o Nepal.”

Zhong Yi disse que o parque vai investir mais recursos para estabelecer uma equipe ainda mais profissional para que eles cresçam de forma feliz e saudável na China. Atualmente, os especialistas da China e do Nepal estão cooperando num projeto de criação científica, prevenção de doenças e reprodução dos rinocerontes. Zhong Yi está confiante com o futuro desses animais.

“Acreditamos que no futuro próximo, quando eles estiverem com maturidade sexual, poderão ter filhos saudáveis e até netos e bisnetos, geração em geração, como um símbolo da amizade entre a China e o Nepal.”

Agora, Soaltee e Mitinee estão vivendo uma vida feliz em Shanghai, sua segunda terra natal. Por meio deles, os turistas irão compreender a beleza da natureza e a importância da biodiversidade no nosso planeta.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

China começa a testar primeira linha de metrô que atravessa Rio Amarelo
Campo de girassol em Nanjing
Exposição Internacional de Drones abre em Shenzhen
Pastagem Guanshan em Shaanxi
Pessoas visitam a Exposição China-Rússia em Harbin
Construção do terminal do aeroporto internacional Daxing entra na fase final

Notícias

Suning compra participação majoritária no Carrefour China
Chegadas de visitantes a Macau aumentam 25,6% em maio
“Castle of Dream” é o maior vencedor do 22º FICS
Argentina anuncia nove candidatos para presidência
Simpósio China-Europa sobre Direitos Humanos 2019 é realizado na Áustria
Comentário: Ativos chineses se tornam indispensáveis em capitais internacionais