Beijing – Encontro emocionante com gelo e neve

Fonte: CRI Published: 2018-08-02 10:55:04
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

 

Na cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang realizada no dia 25 de fevereiro na Coreia do Sul, a Bandeira Olímpica foi entregue ao representante de Beijing. A capital chinesa será a anfitriã do grande evento em 2022. A partir daquele momento, os Jogos Olímpicos de Inverno entraram oficialmente no “tempo de Beijing”.

Beijing – Encontro emocionante com gelo e neve

Beijing será a primeira cidade do mundo a sediar as Olimpíadas de Verão e de Inverno. Neste ano, a construção dos estádios e arenas esportivas entrou em uma fase acelerada. Doze estádios serão utilizados em Beijing durante os Jogos Olímpicos de Inverno. Entre eles, alguns que foram utilizados nos Jogos Olímpicos de Verão, como o Estádio Nacional, o Cubo Aquático, e o Estádio Wukesong.

O Estádio Nacional, conhecido como o Ninho do Pássaro, já é um símbolo de Beijing e uma atração turística da cidade. Ele se parece mesmo com um grande ninho de pássaro, daí o apelido. O estádio será atualizado para se tornar mais inteligente e capaz de sediar com eficiência as competições esportivas de neve e gelo.

Perto do Ninho do Pássaro fica o Cubo Aquático, o centro nacional de natação. A sua aparência lembra mesmo um cubo de água, de arquitetura muito sofisticada e inovadora. O Cubo Aquático também está passando por atualizações para receber os Jogos Olímpicos de Inverno em 2022. Depois da restauração, ele se transformará no Cubo de Gelo.

O Estádio Nacional de Patinação de Velocidade será inaugurado em 2019. Será o maior estádio de patinação da Ásia. Visto de longe, o estádio parece que está rodeado por fitas, por isso recebeu o apelido de “Fita de gelo”.

Além de promover a construção dos estádios esportivos, o governo de Beijing tem realizado também muitas atividades promocionais, como o 8º Festival de Gelo e Neve no Ninho do Pássaro e a 4ª Festa de Gelo e Neve dos Cidadãos de Beijing, entre outros. Mais e mais chineses começam a conhecer as modalidades de inverno e a fazer parte dessa grande emoção pelo esporte.

Os estudantes nas escolas primárias e secundárias de Beijing também têm recebido aulas de esportes de inverno. Além disso, mais e mais intercâmbios internacionais nesse setor estão sendo realizados entre universidades de Beijing e de outros países.

Beijing – Encontro emocionante com gelo e neve

Segundo os dados oficiais, entre 2016 e 2017, mais de 170 milhões de chineses fizeram viagens e passeios para destinos onde predominam o gelo e a neve. O número pode chegar a 340 milhões em 2022.

Na realidade, Beijing não vai ser o único lugar a abrigar todas as competições. Algumas modalidades serão disputadas na cidade de Zhangjiakou, que fica no noroeste da província de Hebei, perto de Beijing. A cidade possui uma área total de 37 mil quilômetros quadrados.

A distância entre Zhangjiakou e Beijing é de apenas 180 quilômetros. Todo o trecho será conectado por um trem expresso. Zhangjiakou ainda faz uma parte do importante círculo econômico de Beijing.

Em 2022, Beijing e Zhangjiakou vão dar as boas-vindas aos amigos de todo o mundo para compartilhar o entusiasmo, a alegria e a paixão das Olimpíadas.

Beijing propôs conceitos de desenvolvimento sustentável e austeridade para os Jogos Olímpicos de Inverno. Outro destaque será a qualidade dos serviços oferecidos aos atletas. Essas medidas correspondem aos objectivos definidos na Agenda das Olimpíadas 2020 e recebeu muitos elogios do Comitê Olímpico Internacional.

Além da cidade de Beijing, o governo vai estabelecer novos estádios nos arredores da capital chinesa, especialmente no distrito de Yanqing. Em 2022, as cidades de Beijing e Zhangjiakou vão se apresentar ao mundo com uma nova cara.

Segundo o planejamento, Beijing vai receber os esportes de gelo, enquanto Zhangjiakou abrigará as modalidades de neve. No setor turístico, Zhangjiakou é conhecida especialmente por dois eventos: um deles é o Festival de Música da Pradaria de Zhangbei. E o outro é o Festival Internacional de Esqui em Chongli.

O Festival de Música da Pradaria de Zhangbei atrai uma multidão de turistas, principalmente de Beijing e de Tianjin. O estilo musical predominante é o Rock’n’Roll. Hoje em dia, o festival se tornou uma referência musical do estilo e é chamado pelos fãs chineses e estrangeiros de “Carnaval do Rock”. Ainda faltam alguns anos para o começo dos Jogos Olímpicos de Inverno, mas as atividades para promover o grande evento já começaram na China e também no exterior.

O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, disse estar confiante com a cidade de Beijing como anfitriã dos Jogos Olímpicos de Inverno. Para ele, Beijing tem capacidade de sediar um excelente evento esportivo na estação mais fria do ano.

Esperamos que mais e mais pessoas conheçam tudo o que está sendo feito para os Jogos Olímpicos de Inverno e claro, venham a Beijing em 2022 para experimentar as delícias de um belo mundo de neve e gelo.

 

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Lugu
Homem de 70 anos de idade faz artesanato usando varas de madeira descartadas
Jiangsu organiza exibição de bordados de Suzhou
Blindados marcam presença nos Jogos Militares Internacionais 2018
Paisagem natural do Tibet
Turistas apreciam macarrão de arroz em restaurante suspenso

Notícias

Queda de avião no México não deixa mortos
Chancelaria chinesa afirma que chantagem comercial dos EUA não vai funcionar
Militares estrangeiros elogiam exército chinês durante competição em Xinjiang
Ministério da Defesa da China realiza grande recepção para celebrar o 91º aniversário da fundação do exército
Índice de Gerentes de Compras da China fica em 51,2% no mês de julho
China não precisa manipular a taxa de câmbio do yuan