Beijing – Capital chinesa mira o turismo de negócios

Fonte: CRI Published: 2017-08-30 17:17:54
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A cidade de Beijing é um lugar onde se encontram elementos clássicos e modernos. Em programas anteriores, a gente já apresentou os patrimônios culturais, como a Cidade Proibida, a Grande Muralha, o Templo do Céu, o Palácio de Verão, as Tumbas Ming, o sítio paleológico do “Homem de Beijing”, em Zhoukoudian, e o Grande Canal Beijing – Hangzhou.

Mas além dos pontos turísticos históricos, a cidade oferece muito mais aos visitantes. E a arquitetura de estilo modernista é uma atração à parte. O estádio Ninho dos Pássaros, o Cubo Aquático e o Teatro Nacional realmente impressionam. Beijing já se tornou uma das cidades mais conhecidas do Oriente.

Beijing – Capital chinesa mira o turismo de negócios

Todos os anos, Beijing é palco de inúmeras exposições, convenções e atividades internacionais. A cidade possui também grandes e modernos pavilhões de exposição e centros de convenções. Atualmente, Beijing é também conhecida como uma importante cidade para viagem de negócios.

Para oferecer uma boa viagem de negócios, a cidade precisa oferecer sofisticadas estruturas e serviços de turismo. Esse tipo de viagem se enquadra no mais alto padrão do mercado turístico. Como capital da China, Beijing é um centro de intercâmbio internacional.

Nesses anos, muitas atividades internacionais importantes foram realizadas aqui em Beijing, como a Cúpula do Cinturão e Rota, exposições internacionais sobre Computação de Nuvem e a Internet of Things. Teve também a 20ª Feira de Indústria e Tecnologia de Beijing, entre outros grandes eventos.

Recentemente, mais e mais empresas escolhem Beijing como destino de seu “team building”, ou seja, o treinamento de equipes.

Beijing – Capital chinesa mira o turismo de negócios

Pode imaginar um “team building” aos pés da Grande Muralha? O hotel “Commune by the Great Wall” oferece aos turistas uma experiência única e inesquecível.

O hotel oferece às empresas salas de reuniões de diferentes tipos e tamanhos, e também um serviço profissional. Podemos adivinhar pelo nome que o hotel é construído nos pés da Grande Muralha. Os participantes de “team building” podem respirar o ar fresco da montanha enquanto relaxam com paisagens pitorescas.

A Grande Muralha é um ponto turístico muito famoso em Beijing, e recebe muitos turistas todos os dias. Mas o hotel “Commune by the Great Wall” parece uma zona isolada da multidão. Os quartos proporcionam uma bela vista da Grande Muralha, que se estende até onde a visão alcança.

O hotel é também muito moderno, e tem um design refinado e especial. O projeto foi assinado por arquitetos do primeiro escalão internacional. O Commune by the Great Wall oferece pratos deliciosos da cozinha ocidental e oriental. Também conta com piscina, SPA e espaço para esporte e lazer.

Outro lugar indicado para fazer o “team building” é o Pavilhão Shichahai. Situado no centro de Beijing, bem perto da Cidade Proibida, o Pavilhão Shichahai é mais que um hotel. É também um museu da cultura chinesa onde os turistas podem ouvir a música tocada com antigos instrumentos musicais chineses, enquanto degustam chá verde com um aroma bem refrescante.

O estilo arquitetônico do hotel é conhecido como casas-pátios. Essas casas são as mais representativas de Beijing. Surgidas na dinastia Yuan (1271-1368), quando a cidade foi eleva

da à condição de capital, elas são onipresentes em Beijing, com suas vigas esculpidas, pilares pintados e pátios tranquilos que dão um toque de sutil elegância.

Beijing – Capital chinesa mira o turismo de negócios

O layout padrão de uma siheyuan é o de um pátio de formato quadrangular, com edificações em volta – o quarto principal ao norte, as alas leste e oeste e o quarto dos fundos. Antigamente, eram conhecidas como “casas de quatro lados”, referência ao pátio delimitado pelas construções em seus quatro lados. A edificação ao norte, com a porta voltada para o sul, é considerada o quarto principal.

As que ficam ao lado dessa edificação principal, voltadas para leste e oeste, são os quartos laterais. A edificação de face norte é chamada de quarto dos fundos. Todas são interligadas por passagens cuidadosamente decoradas.

O pátio espaçoso é um lugar ideal para plantar romãzeiras, jujubas, caquizeiros e a florida macieira silvestre chinesa, árvores de florescências perfumadas, que trazem uma bem-vinda sombra no verão e dão suculentos frutos no outono.

Beijing – Capital chinesa mira o turismo de negócios

Beijing possui hotéis luxuosos como o “Commune by the Great Wall” e o “Pavilhão Shichahai”, mas também outros grandes centros de convenções. A cidade foi palco da reunião da Apec em 2014 e da Cúpula do Cinturão e Rota neste ano.

O setor de viagem de negócio recebe um grande apoio do governo municipal de Beijing. Em junho deste ano, o Comitê de Desenvolvimento Turístico da capital chinesa elaborou políticas preferenciais para incentivar esse tipo de turismo. A cidade está dando as boas-vindas aos turistas para que tenham uma inesquecível experiência de negócios aqui em Beijing.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Ferrovia de alta velocidade chinesa atrai visitantes na Exposição China-Países Árabes
Water Show, em Puyang, na província de Henan
Vista aérea de Litong, vila antiga de Suzhou
Voluntários trabalham na 9ª Cúpula do BRICS em Xiamen
Noite de gala na Cúpula dos BRICS 2017
18ª Bienal Internacional do Livro do Rio

Notícias

Aldeia de Yantian está esperando seu “desabrochamento”
Turismo vermelho de Jinggangshan beneficia as pessoas locais
Especialistas avaliam êxitos da Cúpula do BRICS de Xiamen
Presidente chinês envia carta de congratulação para inauguração da Feira China-Países Árabes
Presidente de Comitê Olímpico é suspeito de corrupção na candidatura do Rio
Cúpula do BRICS é encerrada com promessa de aprofundamento de parceria