Confúcio e as idades do homem (V) – Os últimos anos: a liberdade possível

Published: 2020-05-20 10:08:37
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Com este sétimo programa, chegamos ao final da biografia de Confúcio, falando sobre a década dos sessenta e dos últimos dois (ou três) anos de sua vida. Não se trata de um período cheio de eventos importantes – para fora, mas do apogeu de um desenvolvimento – para dentro: intelectual, psicológico e espiritual. São anos em que Confúcio tem que aceitar que está demasiado velho para uma carreira política e que não realizará seus sonhos. Porém, ele consegue vencer esses desafios, sublimando sua visão peculiar da vida e conquistando um último prêmio: a liberdade possível.

Passagens dos Analectos referidas: 2.4; 2.19; 3.14; 7.19; 7.23; 9.1; 9.5; 11.19; 11.2; 11.26; 12.18; 13.2; 13.14; 16.8; 17.5; 18.7; 20.3

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Geoparque nacional de Qibainong em Guangxi
Beijing toma várias medidas para favorecer a classificação de lixo realizada por moradores
Oficinas de redução da pobreza fornecem empregos a residentes realocados em Guangxi
Mar de flores na província de Jiangsu
Paisagem do Monte Qomolangma
Trabalhadores de empresas de produtos culturais e criativos aumentam a produção

Notícias

China pede que Austrália abandone manipulação política sobre a pandemia
Chancelaria chinesa: EUA sabem quem está fazendo “propaganda falsa” do COVID-19
Chefe da OMS pede união mundial para combater pandemia
SDC Brasil toma medidas para promover prevenção da epidemia e atividades de produção
Xi Jinping pede a construção da comunidade global de saúde integrada
Wuhan diz que testes de ácido nucleico serão gratuitos