Um lugar de leitura em meio ao barulho da cidade

Published: 2017-08-14 16:47:56
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Um lugar de leitura em meio ao barulho da cidade

Um lugar de leitura em meio ao barulho da cidade

Você tem sonhado em ter um lugar sossegado, onde as pessoas podem emergir na leitura sem ficarem distraídas por barulhos do ambiente urbano? Em Nanjing, capital da província Jiangsu, no Sul da China, há uma livraria como essa. Ela se chama Escritório Sul do 2º Andar e funciona 24 horas.

“Ideal não apagado, escritório com luz acesa” é o slogan da livraria. Situada em uma antiga arquitetura, o local, desde sua inauguração em abril de 2015, nunca fechou suas portas, quer nos feriados do ano novo lunar chinês, quer nas noites húmidas e frias do inverno da região do sul.

O  idealizador do projeto chama-se Chen Ye. Há seis anos ele começou a trabalhar com intercâmbios culturais, organizando palestras e workshops. Porém, o alto custo do aluguel o levou a decidir  procurar um espaço próprio. Sendo um nativo de Nanjing, Chen Ye se apaixonou pelas antigas arquiteturas, sobretudo aquelas construídas no período da República Democrática.

 “Na prática, muitas construções desse período encontram-se em estado de decadência, com aluguel relativamente baixo. Com isso, podemos reduzir o nosso custo e, ao mesmo tempo, acrescentar à livraria algum valor social, isto é, reconhecer  e explorar o valor cultural dos antigos edifícios de Nanjing.”

A livraria tem uma área de apenas 60 metros quadrados. Nas altas estantes ficam cerca de 2.000 livros sobre a ciência social e cultura. Quem frequenta o local são principalmente os jovens. Um ano atrás, o estudante de doutorado da Universidade Politécnica de Nanjing, Zhang Xin, passou por acaso pela livraria e logo ficou atraído por ela. Agora, além de ler livros, ele prepara também sua tese porque o local é “confortável e eficaz”.

“A livraria funciona 24 horas, sem dúvida um horário flexível em relação para cafetarias e bibliotecas. A segunda vantagem é que o local não tem consumo obrigatório. Em comparação com a biblioteca, prefiro a divisão de espaço aqui. Mesmo sendo público, dá para sentir-se em casa.”

A livraria também oferece aos universitários oportunidades de estágio. Qin Renjie disse que durante os três anos que trabalhar lá, ele leu muitos livros e conheceu muitas pessoas, percebendo pouco a pouco o rumo da sua vida.

 “Ao entrar na universidade, me senti perdido e não sabia o que queria fazer no futuro. Depois que vim trabalhar aqui, vi muitas pessoas e cada um tem experiências diferentes. Eles me fizeram entender que a vida tem muitas possiblidades.”

Com a bemsucedida livraria Escritório Sul do 2º Andar, o dono Chen Ye abriu outras três com dinheiro angariado pela internet. Ele disse que o seu programa de divulgação da leitura não pode ser realizado sem a força da população.

 “O PIB da China fica em segundo lugar no mundo e o PIB da província de Jiangsu fica em segundo na China. A cidade de Nanjing, como capital de Jiangsu, tem um grande número de pessoas da classe média. Eles têm educação superior e condições econômicas relativamente boas e, o mais importante, têm vontade de participar e promover a sociedade. Realizamos três angariações eletrônicas e resolvemos todas as vezes o problema de finanças rapidamente.”

Em virtude dos impactos causados pela leitura online e as livrarias eletrônicas, a maioria das pessoas adota um ceticismo sobre a cadeia de livrarias reais. Chen Ye, no entanto, tem opinião  diferente.

 “Se uma livraria é atribuída à função de ler ou vender livros, já é errado sua posição no mercado. O papel da livraria deve consistir mais na exibição de livros, de fazer os leitores conhecerem o conteúdo do livro. O seu segundo papel é conectar as pessoas, estabelecendo uma comunidade de leitura. Agora me esforço pela criação dessa ligação pessoal. Quando ela for estabelecida, as pessoas vão desenvolver um relacionamento, uma dependência pela livraria, trazendo assim oportunidades comerciais a longo prazo.”

 

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Ferrovia de alta velocidade chinesa atrai visitantes na Exposição China-Países Árabes
Water Show, em Puyang, na província de Henan
Vista aérea de Litong, vila antiga de Suzhou
Voluntários trabalham na 9ª Cúpula do BRICS em Xiamen
Noite de gala na Cúpula dos BRICS 2017
18ª Bienal Internacional do Livro do Rio

Notícias

Aldeia de Yantian está esperando seu “desabrochamento”
Turismo vermelho de Jinggangshan beneficia as pessoas locais
Especialistas avaliam êxitos da Cúpula do BRICS de Xiamen
Presidente chinês envia carta de congratulação para inauguração da Feira China-Países Árabes
Presidente de Comitê Olímpico é suspeito de corrupção na candidatura do Rio
Cúpula do BRICS é encerrada com promessa de aprofundamento de parceria