Everton Santos experimenta modelo de treinamento de jogadores de futebol na China

Fonte: CRI Published: 2020-10-20 10:36:19
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Cada dia mais treinadores de futebol brasileiros miram à China e apostam na carreira internacional. Everton da Costa Santos é um exemplo. Após sete anos de trabalho na Coreia do Sul, ele mudou para China em busca de novas experiências.

O destino é uma cidade pequena: Haimen, a uma hora de trem-bala da metrópole de Shanghai, onde se localiza a Escola Codion de Treinamento de Futebol Juvenil, estabelecida pelo empresário de uma fábrica de chinelos, Li Taizhen. Everton Santos ficou emocionado e estimulado pela determinação e dedicação do empresário, que sonha em criar um ambiente de treinamento puro para as crianças e formar jogadores mais competentes que poderão representar a China na Copa do Mundo.

Everton Santos se familiarizou rapidamente ao ritmo da escola e os jogadores chineses vêm entendendo o modelo brasileiro de trabalho. Ainda percebe muitas diferenças, como por exemplo, os brasileiros nascem com talento enquanto os asiáticos precisam se dedicar mais. Mas aprecia que todas as crianças buscam o sonho firme em jogar no campo profissional.

O presidente da escola, Li Taizhen, começou com seis jogadores ainda crianças e, depois de nove anos, tem 260 jogadores de categorias completas, oferecendo alojamento e alimentação grátis e resolvendo a questão da educação das crianças. “A história de Li me faz pensar que nada é impossível”, diz Everton, desejando levar a equipe profissional à primeira divisão da Superliga chinesa.

Quanto ao dia-a-dia, Everton Santos viu que a China tem um pouco do espírito brasileiro, sendo aberta aos estrangeiros e fazendo com que se sinta à vontade.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Antiga aldeia de Xinye se torna em novo destino turístico na província de Zhejiang.
Paisagem da montanha Sapukonglagabo no Tibete
Paisagem de folhas vermelhas na montanha Taihang em Hebei
Agricultores colhem arroz na vila de Jiangzhuang
Crisântemos de cores variadas estão florescendo em Nanjing
Deserto de Badain Jaran

Notícias

Capacidade anual da China de produção de vacinas contra COVID-19 será de 610 milhões
Macau realizará três exposições comerciais simultaneamente
Ipsos revela que 63% dos brasileiros temem perder emprego
Investigação mostra que não existe trabalho forçado em grande escala em Xinjiang
Camellia oleifera - a "árvore de dinheiro" e o "fruto da felicidade" dos agricultores
Enfoque da China: Algodão de Xinjiang proporciona mais do que calor