Liu Xiaoqian mostra a América Latina com perspectiva única de jornalista chinês

Fonte: CRI Published: 2020-01-10 15:07:16
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

“Você tem medo da morte?” Diante dos traficantes nas favelas do Rio de Janeiro e dos guerreiros nas florestas da Colômbia, o jornalista chinês Oscar Liu Xiaoqian se fez muitas vezes essa pergunta, a mesma que para quem já assistiu a seus programas quer saber.

Como correspondente da TV Central da China, Oscar Liu compara sua experiência no Brasil com um casamento de dez anos, que marcou quase todo o período da sua formação de valores e personalidade.

Dos excelentes trabalhos do Oscar, o mais impressionante deve ser a reportagem documental de seis episódios focados na situação da segurança do Rio de Janeiro antes da Copa do Mundo em 2014. Na sombra de intensos tiros, ele acompanhou uma operação policial de combate ao tráfico de drogas na favela. As cenas chocaram a audiência chinesa e tornaram Liu Xiaoqian um nome conhecido nas redes sociais da China.

Oscar Liu considera a segurança pública como um ângulo apropriado para conhecer o Brasil de forma panorâmica, porque nela viu a complexidade da história. Ao estudar os vestígios da colonização, ditatura militar e também das políticas de cada governo, obteve uma compreensão mais profunda sobre o que é a situação atual do Brasil. Ele tenta despertar a atenção para refletir sobre os crimes de drogas, um problema global que todos os países podem ser culpados.

Outro programa do Oscar repercutido na China é a “prisão dos jumentos”, uma história descoberta por ele quando viajou a trabalho para o nordeste do Brasil. Lá ele viu muitos jumentos abandonados nas ruas. Ao investigar sobre o fenômeno, ele descobriu que as pessoas abandonavam os animais depois de adquirir uma motocicleta como novo meio de transporte. Agora os animais precisam ser presos para não causar acidentes nas estradas. “Parece um fenômeno comum no tempo de hoje? O ser humano trata uma coisa de forma inadequada e causa outro problema”, opinou Oscar.

O repórter chinês estendeu sua aventura para outros países da América Latina e Caribe, mostrando aos chineses a diversidade e o encanto deste continente. Experimentou ainda muitos momentos decisivos que transformaram esses países na última década.

A essência de ser jornalista? Oscar Liu Xiaoqian assinala a importância de sempre mostrar a vida do povo que não está no foco das câmeras.



Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

China entra na alta temporada de viagens da Festa da Primavera
Festival de Lanternas de Qinhuai inaugurado em Nanjing
Nanning: Mercados realizam preparativos para Festival da Primavera
Pandas gigantes se divertem na neve em Jinan
China Post lança selos especiais do Ano Lunar do Rato
Neve cai em Beijing pela primeira vez em 2020

Notícias

Mais de 63 bilhões de encomendas foram entregues por 3,2 milhões de entregadores em 2019 na China
Correspondentes da CGTN visitam cemitério em Xinjiang para quebrar mentiras
ONU lança selos comemorativos do Ano do Rato
Beijing promoverá classificação de lixos sólidos
Air Macau estabelece-se no Aeroporto Internacional de Beijing-Daxing
Produção e venda de carro elétrico chinês continua a manter posição liderança em 2019