Filomeno Jorge canta em Patuá a vida abundante de Macau

Fonte: CRI Published: 2020-01-02 16:42:32
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

“Passro Verdi, Ai Qui Saiam , Iou Quelora Velo, Abri Vosso Coracam...” São músicas cantadas em Patuá, uma língua crioula de base portuguesa formada em Macau e apenas falada por poucos macaenses da família inter-racial de Portugal e China. Filomeno Jorge é um dos que ainda sabem cantar em Patuá com pronúncia misturada de português e cantonês, apesar de às vezes não entender o significado.

(Photo: Cao Siqi/GT)

(Photo: Cao Siqi/GT)

Com 62 anos de idade, Filomeno Jorge continua dedicando seu tempo à composição de melodias para adaptar mais letras do poeta macaense José dos Santos Ferreira. As obras costumam falar sobre coisas pequenas do cotidiano, como travessas, comidas e fofocas mais em pauta na cidade, tudo isso compõe a peculiaridade de Macau.

A música ajuda Filomeno Jorge a crescer culturalmente e a passar os dedos pela viola. Junto com Tuna Macaense, ele leva as melodias em Patuá para as pessoas nas cidades da parte interior da China, em Portugal, no Brasil, na Nova Zelândia, entre outros países. Para o Ano Novo de 2020, Filomeno Jorge deseja que a Tuna Macaense e o Patuá preservem as boas memórias de Macau ainda por muito tempo.


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Festival de Laba
Veja a comemoração de Ano-Novo na cidade Changsha
Uma ponte de grande elevação inaugurada na província de Guizhou
Paisagem de inverno da Montanha Emei, na província de Sichuan
Fotos aéreas da Ilha Yagong do arquipélago de Xisha, no Mar do Sul da China
Show de luzes em Wuhan

Notícias

Presidente do CMG profere discurso em celebração do ano-novo para audiências estrangeiras
Comentário: China esforça-se para se desenvolver junto com o mundo
Chancelaria chinesa: Países da Ásia Central conhecem mais Xinjiang do que EUA
Discurso de Xi Jinping pela passagem do ano novo de 2020
​Alívio da pobreza por comércio eletrônico cobre todos os distritos pobres
Xi Jinping enfatiza os preparativos para os Jogos Olímpicos de Inverno com abertura de nova ferrovia de alta velocidade