Wang Cheng’an apresenta o livro azul de estudo dos países de língua portuguesa

Fonte: CRI Published: 2019-11-08 17:22:38
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A 4ª edição do livro azul de estudo sobre países de língua portuguesa chega aos empresários chineses interessados em fazer negócios e investimentos em Portugal, Brasil, Moçambique, Guiné Bissau e outros países de língua portuguesa. O relatório é promovido pelo especialista chefe do Centro Chinês de Estudo dos Países de Língua Portuguesa, Wang Cheng'an, tendo como objetivo acompanhar as informações mais atualizadas em relação ao desenvolvimento socioeconômico desses mercados.


Ex-secretário-geral do Fórum para Cooperação Econômica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, Wang Cheng'an vem testemunhando que os dois lados ampliam a troca comercial e intensificam as cooperações em todas as áreas, destacando Macau como um ponto de ligação onde é sediado o secretariado permanente do fórum e promove anualmente programas diversificados de intercâmbio cultural e interpessoal.

Todo o percurso de vida de Wang Cheng'an está ligado aos países de língua portuguesa. Desde a década 1970 ele já trabalhou na Guiné Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe. “É um contributo de juventude inteira,”disse Wang, mas relembrando o passado não achou nenhum sofrimento. A experiência de viver na África por 15 anos o fez compreender melhor o que é a amizade verdadeira. Até hoje mantém contatos com os amigos daquela época e este carinho continua vivo.


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong