Ministro moçambicano Silva Dunduro enfatiza identidade forte no mundo global

Fonte: CRI Published: 2019-08-30 16:26:14
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

“A única forma de fazer parte do mundo global, é você trabalhar para que sua identidade seja forte”, reforça o ministro de Cultura e Turismo de Moçambique, Silva Dunduro, ao apresentar as próprias obras de pintura que estão exibidas numa exposição artística em Beijing. Como artista plástico, ele traz para tela os componentes singulares da cultura moçambicana e pretende assim imortalizá-los .

O ministro observa o regresso às identidades particulares de uma forma tão expressiva como nunca nos últimos anos.“Se não fazes isso, tornas-te globalizado e desaparecido.” As obras dele, Mulheres Guerreiras e Nyau, são exemplos desse retorno e, por isso, obtiveram uma boa repercussão fora do país.

Sensibilizado, Silva Dunduro caputra a alegria no rosto das pessoas que correm todos os dias na luta para ter uma vida e sociedade melhor. Ele considera a arte um documento e também olha para ela uma perspectiva econômica. Com vista a garantir o contributo da cultura para economia, foi estabelecido o primeiro Instituto Nacional das Indústrias Criativas de Moçambique. O ministro também recomenda a experiência única de turismo em Moçambique, tanto em reserva de animais, quanto nas costas e praias.



Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Paisagem noturna da cidade Manzhouli
China lança medalha comemorativa do 70º aniversário da fundação da República
Expo Smart China 2019 em Chongqing
Fotos aéreas da pradaria de Hulunbuir
Cidade Proibida revela calendário temático para 2020
Campeonato Mundial de Freestyle Motocross realizado em Daqing

Notícias

Especialistas sugerem reforço do papel do euro
Comentário: China é capaz de digerir impacto do atrito comercial
Bolsonaro anuncia reunião de presidentes dos países amazônicos
Queda da taxa de natalidade afeta Taiwan
Comentário: “Fabricado na China” é indivisível para empresas norte-americanas
Dados e fatos: China progride na melhoria dos serviços de cuidado aos idosos