Aumento explosivo da venda de mercadorias importadas no Festival de Compras reflete atualização de consumo na China

Fonte: CRI Published: 2020-12-07 16:32:39
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Festival de Compras, ocorrido no Dia 11 de novembro, também conhecido como Dia dos Solteiros, foi chamado pela agência de notícias estadunidense , Bloomberg News como “a maior campanha de compras do mundo”. Neste ano, 25 mil empresas estrangeiras participaram da promoção organizada pela plataforma TMALL. Entre elas, 2.600 novas marcas e 1,2 milhão de produtos importados participaram pela primeira vez. Do dia primeiro a 11 de novembro, o volume de venda das mercadorias importadas na TMALL International registrou um aumento de 47,3% em relação ao mesmo período do ano passado. A venda de 180 marcas estrangeiras superou a casa de 10 milhões de yuans, a de outras 810 marcas estrangeiras, um milhão de yuans. O analista de dados da TMALL, Huang Lei, compartilhou algumas novas características de negócios.

“Vemos que o café de Ruanda, o vidro da República da Tcheca, o leite de cabelo de Dubai, mercadorias incomuns, chegaram a casa dos consumidores chineses. Nas plataformas da Alibaba, mais de 30 mil marcas no mundo já abriram lojas. Seus produtos cobrem mais de seis mil categorias.”

Desde o início deste ano, o consumo de importação online dos chineses tem aumentado. As plataformas de compras também têm reforçado o abastecimento de mercadorias importadas. Dados publicados pela JD.com mostram que, durante o Festival das Compras, 500 mil produtos de mais de 100 países e regiões estrearam na plataforma. Dez grandes marcas de luxo apresentaram novos produtos pela primeira vez no mundo.

Outra plataforma de comércio eletrônico, Pinduoduo, também teve um alto aumento de venda de mercadorias importadas. O vice-diretor do Instituto de Pesquisa de Novo Consumo do Pinduoduo, Liu Zhongqi, falou sobre a performance deste ano.

“Pinduoduo tem aumentando o abastecimento de mercadorias importadas. Suas vendas já registraram um alto aumento de cerca de 120% ano a ano. Os cosméticos, produtos eletrônicos digitais e produtos para bebês são os com maior aumento.”

Os dados do JD mostram que os chineses agora querem consumir para uma vida requintada. Em 19 horas, a venda de grandes marcas de cosméticos subiu 120%, os eletrodomésticos inteligentes, 320%. Por exemplo, robôs de limpeza, liquidificador de alta velocidade, cafeteiras com cápsulas foram bem procurados. Os celulares 5G também foram vendidos bem. Iphone 12, Huawei Mate40RS e Huawei P40 ocuparam os três primeiros lugares no ranking.”

Neste ano, a duração do Festival de Compras foi ampliada. De primeiro a três foi o primeiro pico de compras, e dia 11 foi o segundo. A companhia de logística da Alibaba, Cainiao, usou quase quatro mil aviões fretados e cargueiros para transportar mercadorias compradas por consumidores chineses para a China. Três milhões de pessoas em todo o mundo participaram do transporte em armazéns e portos. Além disso, quatro milhões de pacotes foram transportados pelos trens China Railway Express para a Europa.

Um relatório publicado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento indica que, no terceiro trimestre deste ano, o volume do comércio global baixou 5% em termos anuais. Mas o comércio exterior da China conseguiu aumentar em circunstância adversa. Segundo a Administração de Estatísticas da China, nos primeiros três trimestres, a venda do varejo online superou 8 trilhões de yuans, uma alta de 9,7% em comparação com o mesmo período do ano passado. O aumento foi 2,4% maior do que o do primeiro semestre.

Do dia primeiro de novembro até 0 hora do dia 12, a venda da TMALL foi de 498,2 bilhões de yuans. A da JD foi 271,5 bilhões.

Especialistas consideram que o último Festival das Compras reflete a nova tendência de consumo na China, que promoverá a atualização do consumo no país. O vice-pesquisador do Instituto de Pesquisa de Comércio Eletrônico do Ministério do Comércio, Hong Yong, explicou.

“A venda do varejo online se tornou uma importante força para estimular a demanda doméstica e a atualização do consumo. Em 2019, a venda do varejo online representou um quarto do total. Este Festival de Compras ativou o potencial de consumo, marcando que a economia nacional continua a se recuperar. As categorias das marcas e das mercadorias tiveram um aumento explosivo no Festival de Compras, satisfazendo melhor a demanda de atualização do consumo.”

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Árvores cobertas de geada nas margens do rio Songhua, no nordeste da China
Os moradores de Huangjiazhuang confeccionam macarrão
Fotos aéreas do Lago Qiandao no condado de Chun'an, província de Zhejiang
Um campeonato de pipas foi realizado em Shenzhen
Oficina de Batik cria oportunidades de emprego para residentes locais em Guizhou
Uma exposição temática de minerais e rochas foi realizada em Museu de Nanjing

Notícias

Mourão diz que exclusão da chinesa Huawei do 5G vai custar muito
China forma 56 mil médicos de forma gratuita para zonas rurais nos últimos dez anos
Faça votos de Ano Novo para conectar mais a China e o PECO
Ao combater a pobreza, China defende os direitos humanos
Diplomatas dos países da Europa Central e Oriental estão otimistas com economia chinesa
Diário do jornalista francês, Olivier Jean François René Gendre, no oeste da China