Jovens empreendedores pretendem concretizar sonho na Zona de Livre Comércio Qianhai)

Fonte: CRI Published: 2020-09-01 09:40:46
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Desde sua criação há cinco anos, a Zona de Livre Comércio Qianhai, em Shenzhen, no sul da China, tem atraído muitos jovens com o sonho do empreendedorismo,.

Zhao Zizhou é fundador de uma companhia científica e tecnológica inteligente na Zona de Livre Comércio de Qianhai. Ele possui um escritório com 150 metros quadrados.

“Em Shenzhen, você pode descobrir que a economia privada, as micro e pequenas empresas e as startups são mais dinâmicas e atraem um grande número de jovens.”

Zhao Zizhou, de 32 anos, formou-se em química e engenharia biomolecular em uma universidade nos EUA. Ao ver a recomendação da Zona de Livre Comércio de Qianhai no Vale do Silício, ele e um colega decidiram regressar à China para começar a empreender.

Hoje, Zhao tem 20 funcionários com idade média de 27 anos. A maior parte deles são pós-graduados no exterior. Ele disse que, neste momento, ainda não pode dar um salário alto a eles, mas, eles gozam do subsídio e a política de introdução de talentos do exterior fornecidos pelo governo local, que são uma compensação salarial. Nos últimos cinco anos, os subsídios distrital e municipal que a companhia de Zhao recebeu já totalizaram 3,2 milhões de yuans.

Mesmo com parceiros com objetivo e interesse semelhantes, seu processo para empreender não foi fácil. No começo, quando pesquisou um posto de carregamento móvel, ele experimentou o sentimento de fracasso.

“Naquela época, acabava de regressar dos EUA e me senti muito orgulhoso porque tinha me graduado em uma universidade prestigiosa e trabalhava no melhor laboratório do mundo. Achava que eu era o melhor de todos!”

Depois de fracassos, ele ajustou sua mente e decidiu começar a empreender de novo.

“Depois, eu percebi que devia criar uma empresa pragmática de ciência e tecnologia que realmente traria valor aos clientes. Hoje, pesquisamos o robô têxtil. Uma máquina desse tipo pode substituir três trabalhadores. Este projeto pode realmente resolver problemas.”

Na Zona de Livre Comércio Qianhai, há muitos jovens empreendedores como Zhao. São um total de 446 equipes empreendedoras que estão na incubadora, das quais 227 vêm de Hong Kong, Macau, Taiwan e do exterior. O financiamento total superou a casa de 1,5 bilhão de yuans.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Fotógrafo transforma alimentos em obras de arte
Festival de Turismo de Shambhala, em Gansu
Pessoas aproveitam o tempo de lazer em um parque de Beijing
Alunos voltam à escola no início do novo semestre em Beijing
Pessoas praticam yoga ao ar livre na província de Guizhou
Designer de roupas para animais de estimação inspirada em vestimentas históricas da etnia Han

Notícias

Lei de imposto sobre recursos da China entra em vigor
Zhejiang registra recorde de entrega de 10 bilhões de pacotes em 8 meses
Shanghai explorará ainda mais potencial de mercado de consumo
Construção inteligente aumenta a felicidade dos habitantes em Tianjin Eco-City
OMC agradece Roberto Azevêdo pelos trabalhos nos últimos sete anos
PMI manufatureiro da China cai em agosto