Investidores chineses são parceiros de confiança e de longo prazo de Portugal

Fonte: CRI Published: 2018-12-11 17:07:07
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Hoje vamos focar nas relações comerciais e de investimento entre a China e Portugal. Na primeira parte do programa, vamos contar a história do Grupo FOSUN, uma empresa privada chinesa que está em Portugal. Na segunda parte, teremos uma entrevista com Celso de Lemos, fundador da marca portuguesa Abyss & Habidecor. A empresa foca em produtos luxuosos de banho e está expandindo para o mercado chinês. Bem, fiquem ligados, o Panorama Econômico está começando.

Investidores chineses são parceiros de confiança e de longo prazo de Portugal

Nas cooperações bilaterais entre a China e Portugal, aquelas na área de investimento, têm sido um destaque nos últimos anos. O ambiente aberto de Portugal atraiu vários investidores chineses de diferentes setores, incluindo energia, finanças, seguros e saúde, entre outros. O Grupo FOSUN é um bom exemplo que concretizou a cooperação de benefício recíproco e o desenvolvimento conjunto com empresas locais. O investidor proveniente da China foi considerado como um parceiro de confiança e de longo prazo de Portugal. Ouça a reportagem.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Centro de distribuição automatizado inaugurado em Nanjing
Paisagem de inverno em parque florestal de Qinghai
Pessoas visitam mercado para compras do Festival da Primavera
Novo aeroporto de Beijing recebe "primeiro voo"
Turistas se divertem no Rio Songhua congelado em Harbin
Tripulação de trem-bala chinês irá contar com membros estrangeiros durante período do Festival da Primavera

Notícias

Embaixador chinês refuta “ameaça da Huawei” no jornal britânico
Inovação tecnológica promove melhoria nos sanitários públicos da China
Funcionário de alto escalão do PCCh enfatiza prevenção e neutralização de grandes riscos
Vice-presidente chinês pede desenvolvimento como solução para o desequilíbrio
China exige que EUA abandone a mentalidade de Guerra Fria
Comentário: Uma chave para compreender melhor a China