Web  portuguese.cri.cn  
Programa nutritivo beneficia mais de 36 milhões de estudantes rurais
  2017-06-09 15:39:10  cri
Mais de 36 milhões de estudantes rurais chineses foram beneficiados por um programa nacional de melhora nutricional lançado em 2011, informou na quinta-feira a Fundação de Pesquisa de Desenvolvimento da China.

O governo central destinou 159,1 bilhões de yuans (US$ 23,4 bilhões) para melhorar a nutrição dos estudantes rurais desde o final de 2011, de acordo com o relatório divulgado pela fundação no Dia Internacional das Crianças.

O relatório mostrou que a saúde física dos estudantes nas regiões pobres tem melhorado bastante nos últimos anos.

O governo expandirá o programa, que é parte da campanha de alívio da pobreza do país, e continuará com suas políticas de prêmio e subsídio, disse Liu Xin'an, funcionário do Ministério das Finanças.

Em novembro de 2011, o plano de melhora nutritiva para os estudantes das escolas primárias e secundárias nas áreas rurais foi lançado. O projeto ofereceu às escolas um subsídio de 4 yuans por estudante por dia para construir cantinas ou contratar empresas de catering para fazer café de manhã e almoço.

O programa também forneceu pacotes nutritivos gratuitos para as crianças de 6 a 24 meses e deu informação sobre a nutrição saudável para seus cuidadores.

Um total de 1.590 distritos em 29 províncias, regiões autônomas e municípios participaram do programa, cobrindo 134 mil escolas, segundo o relatório.

Um programa de nutrição separado foi implementado em Beijing, Tianjin e a Província de Shandong.

Até o final de 2016, a China tinha mais de 43 milhões de residentes rurais vivendo abaixo da linha da pobreza. A desnutrição é uma preocupação entre as pessoas nas regiões rurais remotas.

O governo chinês tem prometido tirar todas as pessoas do campo em situação de pobreza antes de 2020 para construir uma sociedade moderadamente próspera.

Desde que a China começou a iniciativa de reforma e abertura há mais de 30 anos, mais de 700 milhões de chineses foram tirados da pobreza, representando mais de 70% da redução da pobreza global nesse período.

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v A aldeia fica no extremo norte da China

v Coleta de sal em Fujian, no sudeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de visitas: O artista português Alexandre Farto, o Vhils, explica detalhes do seu estilo inovador, que já conquistou todos os continentes
• Sala de visitas: A jornalista brasileira Laís Carpenter fala sobre sua carreira e conta como veio morar na China
• Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão
• Entrevista com presidente da CMA Group do Brasil, José Sanchez
• Encontre aromas frescos do chá Tieguanyin em Anxi
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
mais>>
Galeria de fotos

O primeiro trem maglev de Beijing foi testado no último sábado

Pinturas famosas foram transformadas pelo ilustrador chinês Along, utilizando o panda

A Pradaria de Hulunbuir é uma das quarto maiores pradarias do mundo

Um parque de estacionamento gigantesco e inteligente foi inaugurado em Beijing
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040