Web  portuguese.cri.cn  
História do guarda-florestal Dawa
  2015-08-24 10:46:28  cri

O distrito de Bome da cidade de Nyingchi, situado na zona nacional de proteção ambiental da grande garganta de Yarlung Tsangpo, na Região Autônoma do Tibete, possui uma vasta e rica área florestal. Dawa mora na comarca de Gu, do distrito de Bome e é um famoso guarda-florestal na região. Mesmo com idade avançada, ele ainda cuida das florestas e se empenha em proteger as belezas naturais de sua terra natal.

Dawa tem 79 anos, mora com sua esposa, filho e nora em uma casa de madeira. Devido à sua idade, não consegue trabalhar mais com a terra, mas ele sempre ronda uma ou duas vezes a aldeia para monitorar se alguém está derrubando árvores ou caçando animais silvestres. Isso já é parte de sua rotina a mais de 20 anos. Em 1999, Dawa aplicou para se tornar um guarda-florestal.

"Apliquei para o cargo de guarda-florestal aos 50 anos. Naquela altura, os habitantes da aldeia sempre cortavam árvores nas montanhas para a produção, que provocou a intensificação do desmatamento local. Eu trabalho até hoje graças ao apoio da nossa comarca e do distrito."

Devido às monções do sudoeste do Oceano Índico, o distrito de Bome tem clima moderado e húmido, sendo ideal para o crescimento das árvores. Em 2000, o Conselho de Estado da China aprovou o estabelecimento da zona de proteção ambiental da grande garganta de Yarlung Tsangpo. As florestas do Bome foram incluídas nessa zona. O local se tornou um tesouro da fauna e flora silvestres. As matas originais do Bome têm mais de 80 tipos de plantas, incluindo árvores de alto valor comercial como picea, cipreste e canforeira, e possuem também mais de 80 espécies de animais, como budorcas taxicolor, papagaios e macacos dourados. Devido à falta de administração e proteção adequada, os recursos florestais foram bastante prejudicados. A partir da década de 80, o país implementou sucessivamente uma série de políticas que beneficiaram à população.

Entretanto, por conta do comércio local, a região sofre com a caça e o desmatamento. Para a Secretaria de Segurança Pública de Bome, que conta com apenas oito funcionários, o trabalho de proteção e a administração local são bem precários. O vice-diretor da Secretaria de Segurança Pública, Dawa Tashi, conta-nos que os guardas florestais são parceiros indispensáveis para o trabalho da Secretaria.

"Os guardas são como nossos familiares, se acontece qualquer situação, eles nos comunicam imediatamente. Não podemos realizar este trabalho sem a ajuda deles, às vezes vamos às suas casas. Muitos guardas têm prestígio na aldeia e acabam se tornaram líderes."

Dawa se empenha em proteger a natureza há 20 anos, mas ele não se tornou líder da aldeia. Embora os guardas tenham receitas fixas, acaba não sendo suficiente para o sustento de sua família. Em comparação com as casas dos donos de pequenos negócios na aldeia, a casa de Dawa é mais rústica. Dawa é guarda mais veterano da aldeia, todos os admiram. O aldeão Karma disse o que pensa sobre Dawa.

"Todos respeitam muito ele. Dawa é guarda florestal há 20 anos, ele tem muita experiência, sabe como proteger as florestas e a sua terra natal. Aprendemos muito com ele."

A casa de Dawa fica em frente a uma montanha onde cresce muitos piceas luxuriantes. A região foi classificada pela Revista Nacional de Geogragia da China como uma das dez florestas de piceas mais belas da China. Agora essa floresta se tornou uma área turística e beneficia a vida da população. O vice-scretário da comarca de Gu, Tsering, conta-nos sobre isso.

"A receita per capita alcançou 14 mil de yuans por ano, superando o nível médio das zonas rurais do país. A compensação das florestas que contribui para oferecer produtos e serviços de bem-estar ocupa uma grande parte, porque o número da população da aldeia é bem menor do que a área florestal, por isso, cada família pode contar com oito ou nove mil de yuans por ano. Aqui tem muita natureza e um enorme potencial turístico, o turismo se desenvolve rapidamente. Planejamos tornar a nossa aldeia um piloto de turismo."

Desde 2004, o Conselho de Estado iniciou oficialmente um projeto de construção florestal, levando todas as pessoas a desfrutarem da compensação e se tornarem guardas florestais, formando um mecanismo de proteção em que todos são responsáveis em cuidar do meio ambiente. Após um ano, o Departamento da Silvicultura deu a Dawa o título de "guarda florestal excelente da China" em agradecimento por suas contribuições.

Hoje a saúde de Dawa é um pouco mais delicada, sendo assim ele não pode fazer sempre inspeções nas florestas, mas ele adora ficar no portão de sua casa observando as piceas.

"A proteção florestal prioriza a prevenção de desastres naturais como deslizamentos e inundações e visa melhorar a vida das futuras gerações, além de promover o desenvolvimento futuro do país. Se a vegetação desaparecer, os recursos naturais e qualidade de vida das pessoas serão prejudicados."

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Observatório da Torre de Shanghai oficialmente aberto ao público

v Jianbing, o crepe chinês que tem conquistado Nova Iorque
mais>>
Aviso Vídeo
Olá, queridos amigos. O Fórum de Cooperação Internacional "Um Cinturão e Uma Rota" será realizado entre os dias 14 e 15 de maio em Beijing. Para ajudar nossos ouvintes e internautas a conhecer melhor a iniciativa chinesa "Um Cinturão e Uma Rota", a Rádio Internacional da China (CRI) organiza o concurso Saiba a Iniciativa "Um Cinturão e Uma Rota", que será realizado entre os dias 15 de abril e 5 de maio. São só cinco questões de múltipla escolha. A participação é simples, e você ainda pode ganhar uma lembrancinha que preparamos para os participantes!
Ranking dos textos mais lidos
• A magia de J.K. Rowling: parte 1
• Educação na Faixa de Gaza
• Mundo do animal
• Dia Mundial do Livro
• Na terra alheia
• Iniciativas chinesas beneficiam economia mundial
mais>>
Galeria de fotos

13º Festival Internacional de Animação é aberto em Hangzhou

Monumento em São Paulo ganha protetores auditivos para lembrar combate à poluição sonora

Luta de travesseiro na Cracóvia, Polônia

Mais de 50 filhotes de tigre nascem no nordeste da China em abril
mais>>

• Fanzine Nº6, 2016

• Fanzine Nº5, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040