Web  portuguese.cri.cn  
Governo chinês investirá 15 bilhões de yuans em ciências
  2012-03-29 15:35:13  cri
O governo chinês planeja destinar mais de 15 bilhões de yuans (US$ 2,38 bilhões) do orçamento central à Fundação Nacional de Ciência Natural (FNCN) do país, de acordo com o diretor da organização.

"Com um foco tanto na pesquisa básica quanto na de vanguarda, a fundação fará mais esforços para impulsionar a inovação original e fomentar talentos de ciências, a fim de desempenhar um papel importante no apoio e orientação do desenvolvimento social e econômico do país", disse o diretor da FNCN, Chen Yiyu, em uma reunião realizada nesta terça-feira.

O orçamento central da China tem mantido um crescimento estável em seu apoio à fundação nas últimas décadas. Em 1986, o investimento na área foi de apenas 80 milhões de yuans.

Os dados mostram que a FNCN concedeu um total de 18,275 bilhões de yuans a 34.836 projetos entre 153.800 solicitações no ano passado.

De acordo com Chen, a FNCN aumentará o volume médio de financiamento para os projetos básicos, ou seja, projetos que normalmente são liderados por cientistas e pesquisadores superiores. Além disso, mais suporte será dado aos projetos científicos locais e de jovens cientistas.

Chen revelou que um fundo especial para jovens cientistas de destaque será estabelecido para apoiar anualmente 400 pessoas.

A FNCN puniu 24 pessoas por comportamentos impróprios no setor de ciências no ano passado, como parte dos esforços da organização para fortalecer a credibilidade.

Uma pesquisa feita pela Associação Chinesa de Ciência e Tecnologia em 2009 provocou preocupações públicas sobre a fraude acadêmica no país. O relatório da associação mostrou que quase metade dos profissionais em institutos de pesquisa, universidades, instituições médicas e hospitais consideravam "comum" a fraude acadêmica.

Em um caso notório ocorrido no ano passado, o Ministério da Ciência e Tecnologia anulou o Prêmio Estatal de Progresso Científico e Tecnológico, a honra acadêmica mais importante do país, dado a Li Liansheng, então professor da Universidade Jiaotong de Xi'an, depois de descobrir que Li havia plagiado trabalhos de outros e fabricado dados em seu projeto premiado.

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Desfile de Guo Pei na Semana de Moda de Bangcoc

v Peixes Mahi-mahi são fotografados durante expedição ao Mar do Sul da China
mais>>
Aviso Vídeo
A página da Rádio Internacional da China vai transmitir ao vivo a cerimônia de abertura da 5ª Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Econômica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, na qual o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, proferirá um discurso temático. A transmissão começará às 09h45 na próxima terça-feira (11) e ocorrerá em português, mandarim e inglês. Acompanhe!
Ranking dos textos mais lidos
• Sala de Visitas: Da arquitetura para a música, a croata Miranda Vukasovic conta sua trajetória desde a Europa até a China, passando pelo Brasil
• Luz
• Viagem
• Sabores do Brasil - pão de queijo
• FC Barcelona e grupo chinês cooperam pela promoção do desenvolvimento do futebol na China
• Culinária saborosa e diversificada do Peru
mais>>
Galeria de fotos

Os melhores destinos para um tour gastronômico na China

Paisagem de Parque Wulongtan em Jinan

Evento "Globo Espetacular" é realizado na Austrália

As posições mais estranhas para dormir
mais>>

• Fanzine Nº6, 2016

• Fanzine Nº5, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040