Web  portuguese.cri.cn  
Comida de rua, um dos tesouros de Macau
  2016-03-22 09:24:54  cri

Em Macau, há estabelecimentos de comida por toda a parte, sempre movimentados. Sendo Macau uma cidade onde a presença portuguesa deixou marcas também ao nível da gastronomia, e onde a comida macaense tem os pergaminhos que se lhe conhecem, é natural que o destaque dado ao tema em guias e sites turísticos passe quase sempre por estas duas culturas no que à comida diz respeito.

Apesar disso, é a comida chinesa que predomina, com restaurantes locais ou de outras províncias e com uma diversidade de oferta ao nível da comida de rua que só não é uma atração turística porque ainda se fala pouco do assunto.

Descendo a Calçada do Botelho, entre o Jardim Camões e o Porto Interior, é difícil não reparar na nuvem de vapor que se concentra a poucos metros do início da rampa. Quem usa óculos deve fazer uma aproximação cautelosa, para evitar bloqueios visuais súbitos, mas nada mais impede o acesso à loja de Wun Lon Lam, frente aberta para a rua, sempre a receber clientes.

O vapor resulta das enormes panelas onde se fazem os crepes que servirão de base para o cheong fan, rolos de farinha de arroz com diferentes sabores e recheios que se comem com molho de amendoim, picante e molho de soja. O processo é inteiramente artesanal e feito à medida que os clientes vão fazendo os seus pedidos. Numa das panelas, quadradas, Wun coloca um pano branco sobre uma rede que deixa passar o vapor em doses generosas.

Sobre esse pano, despeja uma concha de massa de farinha de arroz e tapa a panela. Poucos minutos depois, coloca o cebolinho e o alho, ou o fígado de porco, ou o ovo cru. Quando o preparado está cozinhado, retira-o com o pano, coloca-o sobre uma bancada limpa e, com uma espátula, separa a placa de massa do pano, enrolando-a e cortando-a em pequenas porções.

Wun Lon Lam foi cozinheiro em vários hotéis e casinos de Macau, mas há quatro anos decidiu que era altura de ter o seu próprio negócio. "A minha mulher já tinha este espaço, mas não sabia o que fazer com ele. Decidimos investir neste negócio, procurámos receitas, fizemos experiências e aqui estamos", conta o cozinheiro. Para além dos rolos de massa de arroz, também ali se faz congee de pato, carne com legumes e massa com vários acompanhamentos, mas a variedade não esconde a certeza de ser o cheong fan o prato mais vezes pedido pelos clientes. A razão da preferência é fácil de perceber: o sabor, intensificado pelos molhos que nunca escondem o mais importante, e a firmeza da massa acabada de cozer, acomodando com harmonia cada um dos recheios sempre frescos.

Fonte: http://www.revistamacau.com/2016/02/11/comida-de-rua-um-dos-tesouros-de-macau/

 

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Estudantes mostram habilidades de balé durante apresentação conjunta em Beijing

v Cenário do Templo Taoista de Jiutai em Shaanxi no noroeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de Visitas: A intérprete Raquel Martins conta sua trajetória na China e diz que o chinês é sua primeira língua, mas considera o português sua língua materna (Parte I)
• Bate-papo com vencedora na categoria Melhor Estudante do 3º ano do Prêmio Tomás Pereira 2017
• Estrela
• Conheça a culinária dos países ao longo de "Um Cinturão e Uma Rota"
• Sala de Visitas: O treinador de futebol Pedro Martins, o Pedrinho, numa conversa descontraída sobre o esporte e a paixão dos pequenos chineses pelo mundo da bola
• Freedom
mais>>
Galeria de fotos

Tapete vermelho do Festival Internacional de Cinema de Cannes

Mercado noturno em Xinjiang no noroeste da China

Kára McCullough, nova Miss Estados Unidos 2017

Caverna da dinastia Wei é atração turística em Hualai, província de Hebei
mais>>

• Fanzine Nº6, 2016

• Fanzine Nº5, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040