Web  portuguese.cri.cn  
Desenvolvimento da gastronomia portuguesa na China
  2013-05-27 14:38:53  cri

No programa de hoje, preparamos para os ouvintes uma reportagem especial sobre a evolução da gastronomia portuguesa na China. Quais são os pratos portugueses que os chineses gostam mais de comer? Há quantos restaurantes portugueses na China? Você vai encontrar uma resposta nesta edição do Gastronomia.

No princípio era o Pastel de Nata. Popularizado desde Macau e adotado, por muitas das padarias na parte continental. Mais tarde seria o gigante norte-americano KFC, a comercializar no País do Meio esta sobremesa originária em Belém. O cartão de entrada para a gastronomia portuguesa no oriente é hoje conhecido como o 葡式蛋挞 em chinês (torta ao estilo português).

Em 2008, chegou finalmente a hora da gastronomia lusitana ver a luz na China. Um ano auspicioso, em que o País do Meio acolheu as Olimpíadas, e que coincidiu com a abertura do restaurantes Camões, em Beijing. Um local, que se distingue pela sua portugalidade, quero pelo sabor, que pela decoração do espaço.

A abertura do Camões ficou então a cargo do chef Bruno Magro, que começou seu percurso na China em 2006, na região de Macau, e que acabaria por se mudar para Shanghai, para trabalhar no pavilhão de Portugal na Expo 2010. Hoje, Bruno está à frente do restaurante To The Sea, um espaço com localização privilegiada no famoso Bund de Shanghai.

O To The Sea é um espaço dedicado à gastronomia mediterrânica, mas que se destaca pelo toque português. Particularmente na forma de confecção do marisco.

"A nossa especialidade é o marisco. Ultimamente, os pratos quentes têm tido mais saída, talvez devido ao clima. Os chineses preferem a comida assada, ou cozida, não gostam muito de cru. Servimos cinco frutos do mar, vieiras, lagostas, mexilhões, camarões e ostras." A informação foi dada pela Floria Choi, a gerente de atendimento do restaurante.

O vinho é outra das atrações portuguesas deste restaurante com vista panorâmica sobre o rio Huangpu, em Lujiazui, uma das zonas mais concorridas de Shanghai.

"Muitos clientes adoram o vinho verde, porque é uma novidade. O vinho do Porto também é muito procurado, especialmente numa sobremesa que servimos, morangos embebidos em Porto, e que resulta num sabor muito exótico", afirmou Floria Choi.

E exótico é a qualidade mais apreciada na China moderna. À medida que os chineses adotam um estilo de vida mais global, a gastronomia não foge à regra. Hoje, cidades como Shanghai, Beijing e Shenzhen, atraem alguns dos mais conceituados chefs de todo o mundo. Neste mercado, Portugal tem algo a dizer. Floria Choi explica porquê.

"Alguma da comida portuguesa vai ao encontro dos hábitos do consumidor chinês. Por exemplo, os chineses também usam muito coentro fresco. Além disso, os mariscos. As pessoas de Shanghai, ou os chineses em geral, gostam muito de comer marisco."

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Desfile de Guo Pei na Semana de Moda de Bangcoc

v Peixes Mahi-mahi são fotografados durante expedição ao Mar do Sul da China
mais>>
Aviso Vídeo
A página da Rádio Internacional da China vai transmitir ao vivo a cerimônia de abertura da 5ª Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Econômica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, na qual o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, proferirá um discurso temático. A transmissão começará às 09h45 na próxima terça-feira (11) e ocorrerá em português, mandarim e inglês. Acompanhe!
Ranking dos textos mais lidos
• Sala de Visitas: Da arquitetura para a música, a croata Miranda Vukasovic conta sua trajetória desde a Europa até a China, passando pelo Brasil
• Luz
• Viagem
• Sabores do Brasil - pão de queijo
• FC Barcelona e grupo chinês cooperam pela promoção do desenvolvimento do futebol na China
• Culinária saborosa e diversificada do Peru
mais>>
Galeria de fotos

Os melhores destinos para um tour gastronômico na China

Paisagem de Parque Wulongtan em Jinan

Evento "Globo Espetacular" é realizado na Austrália

As posições mais estranhas para dormir
mais>>

• Fanzine Nº6, 2016

• Fanzine Nº5, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040