Web  portuguese.cri.cn  
China e Nova Zelândia implementam acordo aduaneiro em julho
  2017-06-29 08:54:04  cri
A China e a Nova Zelândia anunciaram na terça-feira que um acordo de alfândegas de estatuto de Operador Econômico Autorizado (AEO, na sigla em inglês) mútuo será implementado em 1º de julho.

O acordo impulsionará ainda mais o comércio bilateral e a cooperação econômica.

Sob o acordo, as companhias que obtêm o estatuto de AEO nos dois países desfrutarão de procedimentos simplificados de alfândega, como exame reduzido ou prioridade de desembaraço alfandegário, quando eles exportarem produtos para o outro país.

Depois do acordo ficar operacional, o tempo da desembaraço alfandegário devrá ser reduzido pela metade, ajudando a reduzir os custos logísticos.

A China e a Nova Zelândia assinaram um acordo de AEO em março. Cerca de 4 mil empresas chinesas receberam o estatuto de AEO.

Segundo a Organização Mundial das Alfândegas (WCO, na sigla em inglês), o AEO é uma organização ou companhia envolvida no movimento internacional de bens que foi certificado por, ou em nome de, uma administração nacional de alfândega e sujeita-se à WCO ou padrões equivalentes de segurança de cadeia de fornecimento.

A China assinou acordos de AEO mútuos com Cingapura, República da Coreia, União Europeia, Suíça, Nova Zelândia e Região de Hong Kong.

China e Nova Zelândia são importantes parceiros comerciais um do outro. O volume de comércio bilateral atingiu quase 40 bilhões de yuans (US$ 5,9 bilhões) nos primeiros cinco meses de 2017, um aumento de 26,4% em termos anuais.

por Xinhua

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Artista recria obras de arte e fotos de famosas com cachorro quente

v Um bar inspirado em "Game of Thrones" é inaugurado em Washington
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
• Sala de visitas: Sergio Moreira Lima fala sobre a importância histórica da diplomacia brasileira na América do Sul e no mundo (Parte II)
• Entrevista com secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura brasileiro
• Conheça os tipos e benefícios de oleaginosas
• Fórum Internacional do Ensino de Português reúne especialistas em Beijing
• Sala de visitas: As relações Brasil-China e o BRICS sob a análise do presidente da Fundação Alexandre Gusmão, Sergio Eduardo Moreira Lima (Parte I)
mais>>
Galeria de fotos

Vista panorâmica de terras agrícolas e aldeias em Guizhou

Navios da Marinha chinesa em alto mar

A pintura de fios dourados com esmalte cerâmico é um artesanato tradicional chinesa

Festival da Lagosta em Los Angeles
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040