Web  portuguese.cri.cn  
China desacelera emissão de produtos de gestão de fortunas em meio a regulamento estrito, diz relatório
  2017-06-14 12:26:29  cri
O setor bancário da China experimentou um crescimento moderado na emissão de produtos de gestão de fortunas (WMPs, em inglês), à medida que o país intensificou seus esforços para conter os riscos na indústria financeira, mostrou um relatório.

O saldo devedor dos WMPs emitidos ou distribuídos por bancos atingiu 30 trilhões de yuans (cerca de US$ 4,4 trilhões) até abril de 2017, indicando um crescimento anual de 16,4%, mais lento que os 23,6% de 2016 e os 56,5% de 2015, de acordo com um relatório do Serviço para Investidores Moody's.

A indústria de gestão de fortunas com rápida expansão na China tem sido considerada uma fonte de risco financeiros, pois o canal de depósitos dos WMPs de elementos extrapatrimoniais em investimentos de risco não possuem regulamentação suficiente.

Como parte dos esforços de desalavancagem do país, o regulador bancário, a Comissão Reguladora de Bancos da China, fortaleceu a supervisão dos WMPs neste ano, pedindo que os emprestadores revelem claramente os riscos para os investidores ao mesmo tempo em que os proibiu de usar seus próprios fundos para investir nos WMPs emitidos por eles mesmos.

As medidas e diretrizes de políticas reguladoras melhoradas devem restringir ainda mais o crescimento dos WMPs de elementos extrapatrimoniais, que era um dos componentes de crescimento mais rápido do setor de bancos paralelos, disse o relatório da Moody's.

"É um crédito positivo, uma vez que pode refrear gradualmente o incentivo dos bancos para participar de arbitragem reguladora e reduzir os riscos no setor de bancos paralelos", acrescentou.

por Xinhua

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v A aldeia fica no extremo norte da China

v Coleta de sal em Fujian, no sudeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de visitas: O artista português Alexandre Farto, o Vhils, explica detalhes do seu estilo inovador, que já conquistou todos os continentes
• Sala de visitas: A jornalista brasileira Laís Carpenter fala sobre sua carreira e conta como veio morar na China
• Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão
• Entrevista com presidente da CMA Group do Brasil, José Sanchez
• Encontre aromas frescos do chá Tieguanyin em Anxi
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
mais>>
Galeria de fotos

O primeiro trem maglev de Beijing foi testado no último sábado

Pinturas famosas foram transformadas pelo ilustrador chinês Along, utilizando o panda

A Pradaria de Hulunbuir é uma das quarto maiores pradarias do mundo

Um parque de estacionamento gigantesco e inteligente foi inaugurado em Beijing
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040