Web  portuguese.cri.cn  
As minorias étnicas chinesas também têm próprias Festas da Primavera?
  2017-05-11 10:46:33  cri
Pergunta: As minorias étnicas chinesas também têm próprias Festas da Primavera?

Resposta: Sim. A China é um país multinacional. Cada nacionalidade tem seus costumes especiais e as atividades festivas entre as minorias nacionais são diferentes.

Mongóis

O povo da nacionalidade mongol que vive na pradaria do norte da China tem hábitos e costumes completamente diferentes. Na véspera da Festa da Primavera, à noite, todo mundo com roupas novas, sentado dentro das iurtas, come e bebe até de madrugada. No dia da festa, os pastores, montados em cavalos, vão visitar os amigos e parentes, casa por casa. Nesse dia, os velhos recebem um cumprimento muito exótico.

Jingpos

A nacionalidade Jingpo realiza uma competição de tiro ao alvo. Enquanto as jovens balançam as árvores onde estão penduradas bolsinhas bordadas, os jovens disparam com espingarda contra os fios que ligam as bolsinhas. Quem é o primeiro a acertar uma delas, recebe um presente da moça, além de ganhar a bolsinha. Em geral, o presente é um jarro de vinho.

Dais

A nacionalidade Dai tem um costume muito interessante. No dia da Festa da Primavera, os jovens jogam o "saco de farelo", um jogo mais ou menos parecido ao basquetebol. Aproveitando esta oportunidade, as moças pegam sorrateiramente os sabres, os chapeus e até os cavalos dos jovens e saem correndo para suas casas. Se o rapaz gosta da moça que pegou seus pertences pode persegui-la até a casa desta, onde será calorosamente recebido com um grande banquete.

Tibetanos

"Levar a água da felicidade". O povo tibetano começa as celebrações na véspera da festa. Todos os tibetanos, de roupas bonitas e máscaras esquisitas, realizam um baile grande e solene ao som de conchas, tambores e Suona (um instrumento de sopro). Os homens cantam e dançam, numa alegria febril, expressando assim a ideia de despedir o passado e receber o novo ano, afastar as catástrofes e pedir sorte e felicidade. De manhãzinha, no dia do ano novo lunar, as mulheres vão ao rio buscar a "água da felicidade", esperando fortuna no ano novo. Mais tarde, os tibetanos enfeitam de espigas de trigo e qingke (centeio do planalto do Tibet) pintadas os bolos de manteiga e farinha de qingke, simbolizando a boa colheita que se espera no novo ano. Os tibetanos trocam Hada (fita de seda usadas como presente de felicitação das nacionalidades tibetana e mongol) saudando-se com as palavras "zhaxidalai"(boa fortuna).

Daures

"Dia de cinzas". Na noite da véspera da Festa da Primavera, os jovens daur do Nordeste da China reúnem-se para dançar o "rurige", baile típico da nacionalidade. Na manhã da festa, os jovens cobrem as mãos de pós de cinzas e pintam-se mutuamente a cara como símbolo de boa colheita e felicidade.

Oroqens

A nacionalidade oroqen possui também este costume. Mas eles têm ainda uma regrea: filhos e noras não podem pintar a cara do pai e os jovens têm de fazer ketou (hábito chinês de tocar o solo com a testa em sinal de adoração ou submissão completa) antes de pintar os velhos.

Buyis

"Competição de transporte de água". O povo buyi tem o costume de velar toda a noite na véspera da festa. Mas de manhãzinha, as raparigas competem em transportar água do rio. A rapariga que traz primeiro água para a aldeia é a mais laboriosa e feliz da aldeia. Na festa, os jovens, tanto rapazes como raparigas, visitam-se, saudando-se no ano novo e saindo juntos em excursões.

Yaos

"Peça da lavoura". Os yao celebram a Festga da Primavera com uma atividade muito interessante. No dia da festa, raparigas e rapazes vestindo roupas novas e ornamentos trabalhados com minúcia reúnem-se para assistir à representação da "Peça da lavoura". Os atores são três pessoas, um "boi", um camponês com arado e outro com enxada. Dançam e cantam expressando alegremente a sua esperança na lavra primaveril e uma boa colheita. Após a representação, rapazes e raparigas cantam e dançam, com evidente alegria.

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Paisagem aérea do distrito de Songjiang em Shanghai

v Paisagem do Parque Lago do Sul em Hebei no norte da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de Visitas: A intérprete Raquel Martins conta sua trajetória na China e diz que o chinês é sua primeira língua, mas considera o português sua língua materna (Parte I)
• Bate-papo com vencedora na categoria Melhor Estudante do 3º ano do Prêmio Tomás Pereira 2017
• Estrela
• Conheça a culinária dos países ao longo de "Um Cinturão e Uma Rota"
• Sala de Visitas: O treinador de futebol Pedro Martins, o Pedrinho, numa conversa descontraída sobre o esporte e a paixão dos pequenos chineses pelo mundo da bola
• Freedom
mais>>
Galeria de fotos

Tapete vermelho do Festival Internacional de Cinema de Cannes

Mercado noturno em Xinjiang no noroeste da China

Kára McCullough, nova Miss Estados Unidos 2017

Caverna da dinastia Wei é atração turística em Hualai, província de Hebei
mais>>

• Fanzine Nº6, 2016

• Fanzine Nº5, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040