Web  portuguese.cri.cn  
Marinha chinesa realiza manobra para defender segurança do mar do sul
  2013-05-28 17:24:58  cri

A marinha chinesa realizou na semana passada um exercício militar nas águas do Mar do Sul da China, com participação das três maiores frotas do país. No último sábado (25), três navios de guerra da China partiram para um treinamento no alto mar nas áreas marítimas do oeste do Oceano Pacífico. Segundo alguns especialistas, essas ações do exército chinês visam reforçar a capacidade da marinha em defender os direitos marítimos.

Nos últimos dias, as forças das Filipinas estiveram ativos no Mar do Sul da China. Além do mais, um grupo de batalha naval dos EUA, suportado pelos portas-aviões nucleares, também estava presente nas mesmas águas. Neste contexto, as ações da marinha chinesa atraíram muita atenção da comunidade internacional. Segundo o especialista militar chinês, Li Jie, o exercício naval realizado pela China tem como objetivo salvaguardar a segurança do Mar do Sul. Ele disse:

"As ações militares tomadas pela marinha chinesa estão ligadas com a situação atual do Mar do Sul. Desta vez, a manobra que reuniu as três maiores frotas da China, tem um significado importante para fortalecer a capacidade de coordenação e de combate conjunto das forças armadas."

Sobre o tipo do treinamento, Li Jie revelou que o ataque e a defesa em posições importantes foram um dos destaques durante o exercício. Isso é porque este projeto poderá adaptar às exigências de combates do futuro.

"Durante o exercício, foi concluída uma série de treinamento militar, como a defesa colaborativa, contramedida eletrônica e controle operacional. Entre eles, o ataque e defesa em postos importantes foi a parte mais destacada na manobra. No passado, o exército chinês tinha dado mais atenção ao treinamento de um único item. Porém, desta vez, o exercício foi realizado no contexto de luta real, correspondendo às exigências do combate em um ambiente futuro com uso de novas tecnologias."

No último sábado, a frota chinesa Beihai levantou âncora para começar mais um treinamento no alto mar nas águas do oeste do Oceano Pacífico. É a quinta vez este ano que o mesmo exercício será realizado pela marinha chinesa na mesma área marítima. No ano passado, a China realizou este tipo de treinamento sete vezes

Ao falar sobre a razão da China ter aumentado a implantação das forças navais, Li Jie deu a seguinte explicação:

"O reforço das ações nas regiões fora da cadeia de ilhas é uma tendência inevitável para a marinha chinesa no futuro. Apenas se livrando da cadeia de ilhas se poderá elevar a capacidade de atuação chinesa no mar."

tradução:Zhao Yan

revisão:José Medeiros da Silva

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Observatório da Torre de Shanghai oficialmente aberto ao público

v Jianbing, o crepe chinês que tem conquistado Nova Iorque
mais>>
Aviso Vídeo
Olá, queridos amigos. O Fórum de Cooperação Internacional "Um Cinturão e Uma Rota" será realizado entre os dias 14 e 15 de maio em Beijing. Para ajudar nossos ouvintes e internautas a conhecer melhor a iniciativa chinesa "Um Cinturão e Uma Rota", a Rádio Internacional da China (CRI) organiza o concurso Saiba a Iniciativa "Um Cinturão e Uma Rota", que será realizado entre os dias 15 de abril e 5 de maio. São só cinco questões de múltipla escolha. A participação é simples, e você ainda pode ganhar uma lembrancinha que preparamos para os participantes!
Ranking dos textos mais lidos
• A magia de J.K. Rowling: parte 1
• Educação na Faixa de Gaza
• Mundo do animal
• Dia Mundial do Livro
• Na terra alheia
• Iniciativas chinesas beneficiam economia mundial
mais>>
Galeria de fotos

13º Festival Internacional de Animação é aberto em Hangzhou

Monumento em São Paulo ganha protetores auditivos para lembrar combate à poluição sonora

Luta de travesseiro na Cracóvia, Polônia

Mais de 50 filhotes de tigre nascem no nordeste da China em abril
mais>>

• Fanzine Nº6, 2016

• Fanzine Nº5, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040