Sobre CRI Sobre Dept.
HomeGeralEconomiaCulturaVidaEsportesChinêsWebcast
Michael Jordan: Superstar do basquete III
2007-07-09 10:55:44    cri
Ninguém mais na história do esporte esteve tão acostumado com os momentos decisivos como Michael "Air" Jordan. Selecionado entre os 50 melhores jogadores da história da Liga, Jordan foi seis vezes campeão da maior liga de basquete do mundo, a NBA, na década de 90.

Quando ainda era universitário, levou a Universidade de North Carolina ao título da NCAA (Associação Atlética Nacional de Faculdades), dos Estados Unidos.

Na temporada 1991-92, após ser derrotado em diversas finais, Jordan e companhia enfrentavam o Los Angeles Lakers, de Magic Johnson. Os Lakers, grande campeão da década de 80, juntamente com o Boston Celtics, traziam o melhor do estilo "showtime". Mesmo desfalcado do lendário Kareen Abdul-Jabbar, o Lakers tinham Magic Johnson, James Worthy, Byron Scott, Vlade Divac, Sam Perkins e Kurt Rambis.

Jordan, que tentava seu primeiro título ao lado de Scottie Pippen, John Paxson, Bill Cartwright, B.J. Armstrong e Horace Grant, não teve dificuldades para vencer o Los Angeles por 4 a 1 nas finais da liga. Jordan conseguiu seu primeiro título.

Na temporada seguinte, lá estavam os Bulls novamente como favoritos. A magia de Johnson se afastava das quadras por ter contraído o vírus da Aids. Era a vez do Portland Trail Blazer, liderados pelo explosivo Clyde Drexler e contando com jogadores excelentes como Danny Ainge, Terry Porter, James Duckworthy e Cliff Robinson. Nos momentos finais do penúltimo jogo, lá está Jordan com a bola na mão e nos últimos segundos, chama para si a marcação e solta a bola para o armador John Paxson, que faz um disparo certeiro de três pontos, eliminando os Blazers da final.

Em 1993-94, os momentos finais do campeonato parecem um replay da temporada passada. Jordan novamente chama a marcação e assiste John Paxson, que fica livre para converter os pontos da vitória do Bulls. Desta vez, as vítimas foram os jogadores do Phoenix Suns, liderados por Charles Barkley.

Após dois anos sem Jordan na sua melhor forma, os Bulls voltam com força máxima na temporada 1995-96. O time continuava sob o comando técnico de Phill Jackson e tinha Toni Kukoc, Bill Wennington, Ron Harper, Steve Kerr, Luc Longley e o reboteiro Dennis Rodman. Desta vez, enfrentariam a forte defesa do Seattle Supersonics, dos alas Shawn Kemp, Detlef Scheremf e Frank Bricowsky, dos armadores Gary Payton, Natt McMillan e Hersey Hawkins e do pivô Erving Johnson.

Mais uma vez Jordan e companhia deram um show. Desta vez, não tinham John Paxson para o último arremesso de três, mas tinham Steve Kerr, para fazer o seu papel no momento decisivo.

Em 1996-97 e 1997-98, a vítima foi o Utah Jazz, da dupla Karl Malone e John Stockton, dos alas Jeff Hornacek, Bryon Russel, Antoine Carr, Adam Keefe, Shandon Anderson, Chris Morris e Greg Foster, do pivô Greg Ostertag e do armador Howard Eisley. Na temporada 1996-97, nem mesmo a febre de mais de 40 graus consegue parar a determinação de Jordan de ser pentacampeão. E na última final da NBA, o ala-pivô Karl Malone, estava com as bolas nas mãos, mas Jordan, num lance espetacular, tira as bolas das mãos de Malone e parte para a cesta. Num arremesso certeiro, Jordan, desta vez por suas próprias mãos, conquista o hexacampeonato dos Bulls. "Quando eu vi o momento oportuno de tirar vantagem (da defesa do Jazz), aproveitei a chance e não duvidei de mim mesmo", disse o astro referindo-se ao momento arremesso decisivo.

Jordan sempre foi assim. A confiança em si levou o jogador a inúmeras conquistas, fazendo dele o melhor atleta da última década do século XX.

(Gazeta Esportiva)

 
Leia mais Comentário
 
Noticiário (09-05-12)
Horário e Frequência
Minha música
Sua palavra
Correspondente Rio de Janeiro
60 Anos da Nova China
Rádio on Line
Semana no Esporte-Luis Zhao
Nos Ares da Cultura
-Inês
Sociedade Chinesa
-Luisinho
Viagem pela China-Silvia
Repórter da China
-Catarina
Encontro da CRI com seus Ouvintes
-Alexandra

Treze pandas gigantes filhotes se mudam para nova casa

Palácio de Verão

Templo de Céu
<  E-Mail  >