Web  portuguese.cri.cn  
China está se esforçando para melhorar o meio ambiente
  2017-08-08 20:09:11  cri

Céu azul, terra verde, florestas vastas, rios transparentes e ar fresco configuram um ambiente de vida aspirado por todos. O território chinês é composto por 9,6 milhões de quilômetros quadrados, de deserto até floresta, de rios até montanhas, tudo apresenta a beleza da natureza. Mas como preservamos o meio ambiente para que as riquezas ecológicas sejam herdadas por gerações, como tratamos e recuperamos as águas, terras e ar já poluídos? Nos últimos cinco anos, a China, país em rápido desenvolvimento, tem adotado medidas eficientes a respeito.

Na cidade de Rizhao, província de Shandong, Leste da China, os rios foram gravemente poluídos devido ao desenvolvimento econômico. A partir de setembro do ano passado, o governo local começou o programa de ação "rios limpos", planejando o tratamento ecológico de forma integral e sistemática dos 61 rios na cidade. Um importante passo é a aplicação do sistema "chefe do rio". O funcionário do governo da vila Chentong, Wu Defeng, disse: "No ano passado, começamos a implementar o sistema 'chefe do rio'. O dirigente do governo da vila é o chefe dos rios na vila, responsável pela proteção e tratamento destes. E os dirigentes das aldeias assumem a responsabilidade por trecho. Além disso, ainda mobilizamos os habitantes rurais para formar uma força coletiva na proteção e tratamento dos rios."

O sistema "chefe do rio", uma medida promovida pelo país para reforçar a administração e proteção dos rios e lagos, divide-se em quatro níveis, tais como: província, cidade, distrito e aldeia. Os dirigentes dos governos assuem o cargo de chefe dos rios, sendo responsáveis pelo ambiente destes. O pesquisador da Academia Chinesa de Pesquisa das Ciências Ambientais, Zhang Huiyuan, explicou que o sistema "chefe do rio" é apenas uma das medidas tomadas pelo país para promover a construção da civilização ecológica. Nos últimos cinco anos, a China tem prestado muita atenção à área. Ele disse: "Foi criada uma estrutura sistemática integral que abrange uma série de medidas, como investigação e responsabilização pela poluição, avaliação das metas da civilização ecológica, sistema "chefe do rio", linha vermelha da proteção ecológica e compensação pela danificação ambiental. Além disso, o país ainda elabora e revisa diversas leis e regulamentos. Tudo isso promoverá o avanço da civilização ecológica do país."

No 18º Congresso Nacional do Partido Comunista da China realizado há cinco anos, foi aprovada a versão revisada do Estatuto do Partido que incluiu a construção da civilização ecológica no programa de ação. Em meio do ano passado, na 2ª Assembleia Geral da ONU sobre Meio Ambiente, realizada no Quênia, a China divulgou um relatório sobre a estratégia e ação da civilização ecológica do país. Comprometendo-se ao mundo a reduzir o uso de água em 23%, o consumo energético em 15% e a emissão do dióxido de carbono por unidade do PIB em 18% até 2020.

Atualmente, a economia chinesa está uma fase crítica de transformação do modelo de crescimento, além de enfrentar grande pressão de proteção ambiental. Uma tarefa importe para o governo chinês é combater a poluição do meio ambiente com determinação e eficiência.

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v A aldeia fica no extremo norte da China

v Coleta de sal em Fujian, no sudeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de visitas: O artista português Alexandre Farto, o Vhils, explica detalhes do seu estilo inovador, que já conquistou todos os continentes
• Sala de visitas: A jornalista brasileira Laís Carpenter fala sobre sua carreira e conta como veio morar na China
• Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão
• Entrevista com presidente da CMA Group do Brasil, José Sanchez
• Encontre aromas frescos do chá Tieguanyin em Anxi
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
mais>>
Galeria de fotos

O primeiro trem maglev de Beijing foi testado no último sábado

Pinturas famosas foram transformadas pelo ilustrador chinês Along, utilizando o panda

A Pradaria de Hulunbuir é uma das quarto maiores pradarias do mundo

Um parque de estacionamento gigantesco e inteligente foi inaugurado em Beijing
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040