Web  portuguese.cri.cn  
China promove reforma tributária com rigor
  2017-07-13 18:13:21  cri

A reforma da substituição de impostos sobre vendas por impostos sobre valor agregado (IVA) já foi promovida em toda a China há um ano. Até o momento, o país já estabeleceu um sistema moderno de IVA. Especialistas chineses e estrangeiros consideram que a experiência chinesa pode servir de exemplo para o mundo.

Atualmente, a maioria dos países no mundo adotam o sistema de IVA, exceto os EUA, devido a políticas internas. A reforma-piloto do sistema de IVA da China começou em janeiro de 2012. Nos 18 anos anteriores, existiam paralelamente no país o imposto sobre vendas e o IVA. Já em maio de 2016, a reforma do IVA foi ampliada para os setores arquitetônico, imobiliário, financeiro e de serviços cotidianos. Isso significa que o IVA foi adotado em todos os setores econômicos do país.

Desde então, a China reduziu seus impostos em 700 bilhões de yuans, e também simplificou seus sistemas de taxação e cobrança de impostos. O vice-ministro de Finanças chinês, Shi Yaobin, explicou a mudança.

"Antigamente, eram cobrados impostos sobre as vendas no setor de serviços, enquanto eram cobrados impostos sobre o valor agregado no setor manufatureiro. Por isso, os dois setores eram separados na cadeia de cobrança tributária. Isso podia causar uma cobrança repetida de impostos. Após a reforma, todas as empresas, dos setores superiores e inferiores da economia, foram incluídas na mesma cadeia de taxação."

A substituição de impostos sobre as vendas pelo IVA em todos os setores se associa a cerca de 1,6 milhão de contribuintes corporativos e mais de 10 milhões de individuais. O valor tributário envolvido supera os 2 trilhões de yuans. Com a política, o IVA passou a cobrir todos os setores da economia nacional.

Com a reforma, os domínios de banco, seguro e títulos de valor também foram incorporados ao sistema do IVA. A prática foi prioneira até no âmbito global. A introdução do IVA no setor financeiro tem sido uma questão difícil em todo o mundo. O diretor de impostos indiretos da agência KPMG, Lachlan Wolfers, elogiou a iniciativa chinesa.

"Na visão tradicional, é difícil extinguir os valores acrescentados entre as diferentes transações financeiras. Prevejo que outros países e regiões vão aprender com o modelo chinês sobre a cobrança de impostos sobre valor agregado na área financeira."

Ao aprofundar a reforma tributária, a China explicitou que a política tem como base o não aumento de impostos. Isso quer dizer, a transformação de impostos sobre vendas para IVA permite a todas as empresas a redução de taxação. Entre maio de 2016 e abril de 2017, o valor da diminuição de impostos superou os 600 bilhões de yuans. Shi Yaobin avaliou este como o êxito principal da reforma.

"A redução dos impostos das empresas é o efeito principal da reforma do IVA. Desde o início de 2012, quando foi lançada a reforma, os impostos corporativos de nosso país vêm diminuindo de modo geral."

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Artista recria obras de arte e fotos de famosas com cachorro quente

v Um bar inspirado em "Game of Thrones" é inaugurado em Washington
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
• Sala de visitas: Sergio Moreira Lima fala sobre a importância histórica da diplomacia brasileira na América do Sul e no mundo (Parte II)
• Entrevista com secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura brasileiro
• Conheça os tipos e benefícios de oleaginosas
• Fórum Internacional do Ensino de Português reúne especialistas em Beijing
• Sala de visitas: As relações Brasil-China e o BRICS sob a análise do presidente da Fundação Alexandre Gusmão, Sergio Eduardo Moreira Lima (Parte I)
mais>>
Galeria de fotos

Vista panorâmica de terras agrícolas e aldeias em Guizhou

Navios da Marinha chinesa em alto mar

A pintura de fios dourados com esmalte cerâmico é um artesanato tradicional chinesa

Festival da Lagosta em Los Angeles
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040