Web  portuguese.cri.cn  
"Um Cinturão e Uma Rota" traz solução para o desenvolvimento da globalização, diz Secretário-geral da ONU
  2017-05-09 18:38:33  cri

O secretário-geral da ONU, António Guterres, visitará a China, entre os dias 13 e 15 deste mês, e participará do Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, em Beijing. Ao receber a imprensa chinesa, Guterres salientou que a iniciativa trouxe a solução para o desenvolvimento da globalização.

"O empreendimento deu um contributo importante para resolver as questões globais e promover as cooperações internacionais, o que representa a responsabilidade da China. Estou muito contente por ter a oportunidade de participar do Fórum."

António Guterres apontou que o evento vai demonstrar para os participantes todos os projetos em andamento, sob a iniciativa chinesa de "Um Cinturão e Uma Rota". Entre os projetos, a construção de infraestrutura desempenha um papel importante para a interoperabilidade em todo o mundo. E o Fórum também vai oferecer uma oportunidade para os participantes discutirem como conseguir o melhor efeito da iniciativa para promover uma globalização inclusiva e sustentável.

Em relação à questão da globalização e do livre comércio global, o secretário-geral afirmou que o Fórum vai reforçar a confiança do mundo nestes temas. Mais pessoas vão perceber por meio desta iniciativa que a globalização é um processo que pode beneficiar todas as pessoas.

O secretário-geral disse, ainda, que a implementação de "Um Cinturão e Uma Rota" vai promover de forma eficaz a realização dos objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, da ONU. As duas iniciativas são formas eficazes de resolver os problemas da globalização.

"A Agenda 2030 da ONU é uma eficaz maneira reconhecida pela comunidade internacional para lidar com os desafios da globalização. E ao mesmo tempo, 'Um Cinturão e Uma Rota' vai ajudar muitos países, especialmente aqueles em desenvolvimento, a superar as dificuldades e alcançar o desenvolvimento. A meta de 'Um Cinturão e Uma Rota' e da Agenda 2030 é a mesma. A construção de infraestrutura promovida pela iniciativa chinesa melhorou a interoperabilidade entre as regiões e os povos, acelerou o desenvolvimento do comércio, o que promoveu de forma eficaz a realização dos objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU."

Segundo o secretário-geral, as agências da ONU continuarão a participar ativamente em projetos de "Um Cinturão e Uma Rota", para promover a ampliação desta iniciativa.

"Em primeiro lugar, as agências das Nações Unidas podem ajudar os países que participam da iniciativa chinesa a aceitar melhor os novos projetos de cooperação. Bem como incentivar os países relevantes a integrarem as suas próprias estratégias de desenvolvimento com 'Um Cinturão e Uma Rota'. Ao mesmo tempo, os projetos de cooperação da iniciativa vão desempenhar um papel de impulso para os temas prioritários da ONU, tal como a 'cooperação Sul-Sul'. Além disso, a própria experiência da China, em lidar com as questões de desenvolvimento, também tem uma implicação importante para muitos países em desenvolvimento. ".

António Guterres ainda disse que os problemas globais necessitam de soluções globais, e por isso, precisamos da globalização, assim como precisamos aderir às soluções multilaterais. A China sempre apoia firmemente o desenvolvimento do multilateralismo, a iniciativa de "Um Cinturão e Uma Rota" é a nova prática deste compromisso.

"Embora a implementação dos projetos relacionados à iniciativa chinesa ainda esteja numa fase inicial, temos visto um grande entusiasmo de todos os lados, e, por isso, estou cheio de expectativas sobre 'Um Cinturão e Uma Rota'."

Agora, o projeto atraiu a participação de mais de 100 países e organizações internacionais, a China assinou acordos de cooperação com mais de 40 países e organizações internacionais em relação à construção conjunta de "Um Cinturão e Uma Rota".

Tradução: Cecília Ma

Revisão: Diego Garcia Goulart

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Paisagem aérea do distrito de Songjiang em Shanghai

v Paisagem do Parque Lago do Sul em Hebei no norte da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de Visitas: A intérprete Raquel Martins conta sua trajetória na China e diz que o chinês é sua primeira língua, mas considera o português sua língua materna (Parte I)
• Bate-papo com vencedora na categoria Melhor Estudante do 3º ano do Prêmio Tomás Pereira 2017
• Estrela
• Conheça a culinária dos países ao longo de "Um Cinturão e Uma Rota"
• Sala de Visitas: O treinador de futebol Pedro Martins, o Pedrinho, numa conversa descontraída sobre o esporte e a paixão dos pequenos chineses pelo mundo da bola
• Freedom
mais>>
Galeria de fotos

Tapete vermelho do Festival Internacional de Cinema de Cannes

Mercado noturno em Xinjiang no noroeste da China

Kára McCullough, nova Miss Estados Unidos 2017

Caverna da dinastia Wei é atração turística em Hualai, província de Hebei
mais>>

• Fanzine Nº6, 2016

• Fanzine Nº5, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040