Web  portuguese.cri.cn  
Fusão e aquisição das empresas chinesas no exterior desacelera entre janeiro e março
  2017-04-21 19:12:35  cri
      O investimento no exterior das empresas chinesas desacelerou no primeiro trimestre, já que os reguladores fizeram medidas para conter o crescimento imprudente do setor, segundo um relatório da companhia de auditoria PricewaterhouseCoopers (PwC).

  As empresas chinesas informaram 142 fusões e aquisições no exterior no primeiro trimestre, diminuindo 39% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

  Em termos dos valores, as fusões e aquisições das empresas chinesas atingiram US$ 21,2 bilhões, uma queda anual de 77%, segundo o relatório da PwC.

  Chen Chao da PwC atribuiu a desaceleração ao endurecimento dos requisitos dos reguladores chineses no investimento no exterior e às crescentes incertezas mundiais.

  Dados anteriores da PwC mostraram que as fusões e aquisições da China subiram 246% em valor, chegando a US$ 221 bilhões em 2016, mais alto que o combinado dos quatro anos anteriores.

  Observando uma "tendência irracional" em investimento no exterior, as autoridades chinesas estabeleceram normas mais rigorosas e aconselharam as companhias a fazer decisões de investimento mais cuidadosamente.

  Em uma entrevista coletiva realizada no âmbito da sessão parlamentar anual do país no último mês, o presidente do banco central Zhou Xiaochuan disse que o país tem testemunhado um investimento no exterior superaquecido e rápido em indústrias como esportes e entretenimento, que serve pouco à economia da China e também não é bem-vindo no exterior.

  Ao prometer esforços para conter a tendência, Zhou reiterou a posição do governo de apoiar e iniciar negócios para aprofundar a cooperação mutuamente benéfica entre a China e outros países.

por Xinhua

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v A aldeia fica no extremo norte da China

v Coleta de sal em Fujian, no sudeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de visitas: O artista português Alexandre Farto, o Vhils, explica detalhes do seu estilo inovador, que já conquistou todos os continentes
• Sala de visitas: A jornalista brasileira Laís Carpenter fala sobre sua carreira e conta como veio morar na China
• Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão
• Entrevista com presidente da CMA Group do Brasil, José Sanchez
• Encontre aromas frescos do chá Tieguanyin em Anxi
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
mais>>
Galeria de fotos

O primeiro trem maglev de Beijing foi testado no último sábado

Pinturas famosas foram transformadas pelo ilustrador chinês Along, utilizando o panda

A Pradaria de Hulunbuir é uma das quarto maiores pradarias do mundo

Um parque de estacionamento gigantesco e inteligente foi inaugurado em Beijing
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040