Web  portuguese.cri.cn  
Comentário: Iniciativa de "Um Cinturão e Uma Rota" da China beneficia o mundo
  2017-04-17 18:22:42  cri
    A Iniciativa de "Um Cinturão e Uma Rota", o plano grandioso de comércio e infraestrutura, surgiu na China em 2013 mas já entregou benefícios muito além das suas fronteiras.

  Com base no espírito das rotas antigas, "Um Cinturão e Uma Rota" moderno é uma rede transnacional conectando a Ásia com a Europa e a África, se concentrando na promoção de desenvolvimento comum entre todos os países envolvidos.

  A Iniciativa não é uma performance sozinha, mas é uma sinfonia tocada por vários participantes conforme seus talentos. Não pode haver nenhuma ganância do holofote de crescimento e desenvolvimento. A plataforma é suficientemente grande para ser compartilhado por todos.

  Abertura, inclusividade e benefício recíproco são as marcas de "Um Cinturão e Uma Rota": a fonte de forte apoio armazenado.

  Desde 2013, mais de 100 países e organizações internacionais deram respostas calorosas à Iniciativa, com a assinatura de quase 50 acordos intergovernamentais de cooperação.

  O plano ambicioso não é conversa oca. Trata-se de um esquema sob projetos e medidas concretas e orientadas, que são compatíveis com as exigências locais e lançadas para apoiar o desenvolvimento.

  As empresas chinesas investiram mais de US$ 50 bilhões e construíram 56 zonas de cooperação econômica e comercial em 20 países ao longo das rotas, gerando cerca de US$ 1,1 trilhão de receita tributária, criando 180 mil cargos locais e estimulando o desenvolvimento econômico desses países.

  Um aqueduto de 3,37 quilômetros construído por uma empresa chinesa na Jordânia está entre os mais recentes projetos de infraestrutura. Graças a ele, 500 mil pessoas que viviam em uma área de extrema escassez hídrica agora têm acesso a água 24 horas por dia.

  Em um mês, a China presidirá o Fórum de "Um Cinturão e Uma Rota" para Cooperação Internacional para explorar formas de lidar com os problemas enfrentados pela economia global e regional e criar nova energia em busca de desenvolvimento interconectado.

  O significado do evento, com o tema "impulsionar cooperação e alcançar desenvolvimento de ganho mútuo", é especialmente oportuno contra o aumento do protecionismo e antiglobalização.

  A economia global permanece lenta há algum tempo. A desigualdade de renda e o desenvolvimento desigual têm peso decisivo na estabilidade social global.

  A Iniciativa de "Um Cinturão e Uma Rota", que incorpora responsabilidade, cooperação de benefício recíproco e busca genuína de desenvolvimento comum, oferece ao mundo uma abordagem chinesa para os desafios de hoje: um modelo de desenvolvimento equilibrado, justo e inclusivo.

  Nós estamos mais próximos do que nunca. O mundo é uma comunidade bastante unida de futuro compartilhado. Os nossos interesses e buscas são abrangentes e mutuamente dependentes. Todos nós devemos perseguir uma abordagem bem coordenada e interconectada.

  Os livros de história podem nos mostrar que o isolamento e a exclusividade não levarão a lugar nenhum, assim como o protecionismo e a antiglobalização.

  A abertura e a cooperação são os pré-requisitos de um futuro promissor, e a China acolhe qualquer um que quiser embarcar no trem expresso de desenvolvimento.

  Nós devemos continuar a defender uma economia global aberta para compartilhar oportunidades e interesses e alcançar resultados de ganho mútuo. Esforços devem ser redobrados para desenvolver a conectividade global, a fim de permitir que todos os países obtenham um crescimento interconectado e compartilhem a prosperidade.

Por Xinhua

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v A aldeia fica no extremo norte da China

v Coleta de sal em Fujian, no sudeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de visitas: O artista português Alexandre Farto, o Vhils, explica detalhes do seu estilo inovador, que já conquistou todos os continentes
• Sala de visitas: A jornalista brasileira Laís Carpenter fala sobre sua carreira e conta como veio morar na China
• Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão
• Entrevista com presidente da CMA Group do Brasil, José Sanchez
• Encontre aromas frescos do chá Tieguanyin em Anxi
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
mais>>
Galeria de fotos

O primeiro trem maglev de Beijing foi testado no último sábado

Pinturas famosas foram transformadas pelo ilustrador chinês Along, utilizando o panda

A Pradaria de Hulunbuir é uma das quarto maiores pradarias do mundo

Um parque de estacionamento gigantesco e inteligente foi inaugurado em Beijing
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040