Web  portuguese.cri.cn  
China utiliza mais de 220 bilhões de yuans de investimentos estrangeiros no primeiro trimestre
  2017-04-14 19:11:51  cri

Segundo os dados publicados no dia 13 pelo Ministério do Comércio da China, entre janeiro e março deste ano, o país utilizou no total 226,51 bilhões de yuans de capitais estrangeiros, aumentando 1% em comparação com o mesmo período do ano passado.

As estatísticas mostram ainda que no primeiro trimestre do ano corrente, foram estabelecidas 6383 novas empresas de investimentos estrangeiros na China, um aumento de 7,2% face ao mesmo período do ano passado. O inspetor do Departamento de Investimentos Estrangeiros do Ministério do Comércio da China, Cao Hongying, indicou que a utilização dos capitais estrangeiros foi estável no primeiro trimestre.

"Entre janeiro e março deste ano, a atração de investimentos estrangeiros foi estável, pois, em janeiro, registrou-se uma queda pequena, mas em fevereiro e março houve um pequeno aumento. Em geral, a quantidade foi quase a mesma do primeiro trimestre do ano passado."

Do ponto de vista da distribuição dos capitais estrangeiros, o setor de serviços aumentou 7,1% em comparação com o mesmo período do ano passado, e ocupou 73% do valor total. Destes, a produção e fornecimento de eletricidade, gás e água cresceram 165,6% face ao mesmo período do ano anterior. A indústria manufatureira utilizou cerca de 60 bilhões de yuans de capitais estrangeiros, ocupando 26,3% do valor total.

Cao Hongying afirmou que com a ampliação da abertura da China, haverá mais espaço de crescimento para os investimentos estrangeiros no setor de serviços.

"Por exemplo, nos segmentos de eletricidade, gás e outras infraestruturas, o aumento foi notável. É um resultado do fortalecimento da abertura nos últimos dois anos e também mostra que os investidores estrangeiros estão otimistas com a perspectiva da economia chinesa. Na próxima fase, os segmentos de educação, saúde, geriatria, entre outros, também serão mais abertos e acredito que os investimentos estrangeiros para estes segmentos também vão crescer."

Visando as origens dos investimentos estrangeiros, os principais países e regiões permanecem estáveis. Os capitais provenientes de Hong Kong, Taiwan e da União Europeia aumentaram 19,2%, 65,8% e 11,2% respectivamente em comparação com o primeiro trimestre de 2016.

Tradução: Luís Zhao

Revisão: Layanna Azevedo

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v A aldeia fica no extremo norte da China

v Coleta de sal em Fujian, no sudeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de visitas: O artista português Alexandre Farto, o Vhils, explica detalhes do seu estilo inovador, que já conquistou todos os continentes
• Sala de visitas: A jornalista brasileira Laís Carpenter fala sobre sua carreira e conta como veio morar na China
• Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão
• Entrevista com presidente da CMA Group do Brasil, José Sanchez
• Encontre aromas frescos do chá Tieguanyin em Anxi
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
mais>>
Galeria de fotos

O primeiro trem maglev de Beijing foi testado no último sábado

Pinturas famosas foram transformadas pelo ilustrador chinês Along, utilizando o panda

A Pradaria de Hulunbuir é uma das quarto maiores pradarias do mundo

Um parque de estacionamento gigantesco e inteligente foi inaugurado em Beijing
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040