Web  portuguese.cri.cn  
Chanceler chinês comenta relações com EUA e Coreia na entrevista da APN
  2017-03-08 19:01:03  cri

O chanceler chinês, Wang Yi, comentou as questões em destaque como cooperação internacional, relações China-EUA e situação na Península Coreana durante a entrevista coletiva regular da Assembleia Popular Nacional da China realizada hoje (8), em Beijing.

Wang Yi afirmou, ainda, que a China sediará em maio a Cúpula de Cooperação Internacional de "Um Cinturão e Uma Rota". Falando das expectativas quanto ao evento, Wang Yi disse que a propriedade intelectual da iniciativa pertence à China, mas os benefícios serão compartilhados por todos os países participantes.

"Esperamos que a Cúpula tenha resultados positivos em três aspectos. Primeiro, atingir um consenso amplo para coordenar as diversas estratégias e realizar a complementaridade para uma prosperidade comum. Segundo, explorar projetos-chave em áreas de comunicação de infraestrutura, comércio e investimento, apoio financeiro e intercâmbio interpessoal. E, por fim, estabelecer um mecanismo de longo prazo da iniciativa para formar uma parceria cooperativa ainda mais estreita e pragmática."

Ao falar das relações China-EUA, Wang Yi disse que as relações bilaterais estão se desenvolvendo em uma direcção positiva e estável. Em fevereiro deste ano, o presidente chinês, Xi Jinping, e o presidente norte-americano, Donald Trump, tiveram uma importante conversa por telefone, na qual os líderes reiteraram a importância de persistir no princípio de "Uma Só China" e estão dispostos a promover as relações a um novo patamar.

A Península Coreana passa actualmente por um momento de tensão. Wang Yi disse que a tarefa mais urgente é que os países envolvidos cessem as provocações.

"A China sugere que, como o primeiro passo, a República Popular Democrática da Coreia suspenda as atividades com mísseis nucleares, enquanto os EUA e a Coreia do Sul interrompam as manobras militares. Assim, os lados envolvidos podem voltar à mesa de negociações. Depois, promovermos simultaneamente 'duas trilhas' de desnuclearização e de mecanismo de paz na Península Coreana, a fim de encontrar uma solução fundamental para garantir uma paz duradoura na região."

Sobre as relações China-Coreia do Sul, Wang Yi disse que os EUA e a Coreia do Sul insistem em instalar o controverso sistema antimíssil "THAAD". Esse tem sido o maior obstáculo entre as relações sino-sul-coreanas. Quanto às relações sino-russas, Wang Yi disse que a parceria cooperativa global entre a China e a Rússia foi uma escolha estratégica correspondente aos interesses dos dois países. Wang Yi comentou também as relações China-África, dizendo que o apoio à África não será afetado independentemente das mudanças na economia mundial.

Este ano é conhecido como "Ano da China" no mecanismo de BRICS. Wang Yi disse que, como o país que toma a presidência rotativa, a China vai se esforçar para que a cooperação de BRICS seja a plataforma de cooperação Sul-Sul com maior influência do mundo. O especialista dos assuntos internacionais da Academia de Ciências Sociais da China, Yang Bojiang, avaliou positivamente a entrevista coletiva do chanceler chinês.

"A entrevista coletiva reflete que a China tem uma posição ainda mais importante no cenário global. E que o país age agora com mais confiança e serenidade nos assuntos internacionais."

Tradução: Li Jinchuan

Revisão: Rafael Fontana

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v Os melhores destinos para um tour gastronômico na China

v Paisagem de Parque Wulongtan em Jinan
mais>>
Aviso Vídeo
A página da Rádio Internacional da China vai transmitir ao vivo a cerimônia de abertura da 5ª Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Econômica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, na qual o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, proferirá um discurso temático. A transmissão começará às 09h45 na próxima terça-feira (11) e ocorrerá em português, mandarim e inglês. Acompanhe!
Ranking dos textos mais lidos
• Sala de Visitas: Da arquitetura para a música, a croata Miranda Vukasovic conta sua trajetória desde a Europa até a China, passando pelo Brasil
• Luz
• Viagem
• Sabores do Brasil - pão de queijo
• FC Barcelona e grupo chinês cooperam pela promoção do desenvolvimento do futebol na China
• Culinária saborosa e diversificada do Peru
mais>>
Galeria de fotos

Evento "Globo Espetacular" é realizado na Austrália

As posições mais estranhas para dormir

Conheça o hotel japonês com funcionários robóticos

Obras de chocolate exibidas no nordeste da China
mais>>

• Fanzine Nº6, 2016

• Fanzine Nº5, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040