Web  portuguese.cri.cn  
Qingdao populariza esporte de vela nas escolas primárias e secundárias
  2016-11-30 09:28:09  cri

Hoje vamos conhecer a Escola Primária da Rua Dunhua, situada na cidade de Qingdao, na costa do leste da China. Esta escola é famosa pela prática do esporte de vela. Mesmo com uma área pequena, o local respira os ares da vela.

A instituição de ensino tem um escritório especial destinado à popularização do esporte de vela. Em uma das paredes deste escritório, estão expostos os prêmios que a escola conseguiu na última década nesta modalidade esportiva. Além disso, miniaturas dos diferentes modelos de vela podem ser vistas sobre a mesa.

Desde 2006, a escola incluiu a modalidade na grade curricular, popularizando o esporte. Para facilitar o ensino, a escola explorou vários métodos pedagógicos, tais como movimentação adaptada e jogos de vela. Liu Yuanyuan era uma atleta profissional da vela e hoje é professora da escola. Ela disse:

"O exercício físico adaptado é difundido na nossa escola para ensinar os alunos sobre a linguagem de sinais que incluem redução de velocidade, aproximação, localidade segura, pedido da ajuda entre outros gestos mais usados no esporte de vela."

A diretora da escola, Wang Jiahong disse que diferente do basquete e voleibol, a vela é menos popular. Com a promoção do Programa "Vela Entra nas Escolas", as crianças começaram a ter mais oportunidade de conhecer o esporte e querer praticá-lo.

Nas Olimpíadas de Paris realizada em 1900, a vela foi incluída nas modalidades. Depois de mais de cem anos, Qingdao se torna campo de competição de vela das Olimpíadas de Beijing realizadas em 2008, o que deu uma boa base para o desenvolvimento deste esporte e a vela se tornou um cartão de visitas da cidade de Qingdao.

O programa "Vela Entra nas Escolas" foi iniciado em 2005. Este ano marca o início do terceiro plano quinquenal. Atualmente, mais de 20 mil jovens já praticam este esporte. O sucesso da atividade não pode ser desvinculado da coordenação e apoio financeiro do governo local. A verba destinada à modalidade foi cedida pelo governo local e os alunos podem praticar sem custo algum. Além disso, o Centro de Administração do Esporte de Vela da cidade de Qingdao fez a seleção dos clubes de vela e escolas participantes do programa e também a coordenação do projeto. O vice-diretor do Centro, Wang Yong disse:

"O governo local de Qingdao liberou uma verba especial para o programa que se destina às despesas de transporte, contratação de técnicos, aluguel de campo de treinamento, ferramentas etc. Cada treinamento custa 60 yuans per capita. Escolhemos 95 escolas para o programa e cada delas tem 20 a 30 candidatos ao treinamento. Com isso, distribuímos os alunos nos clubes de vela aptos a recebê-los."

O programa "Vela Entra nas Escolas" tem como objetivo divulgar e popularizar os conhecimentos relacionados à vela entre os jovens, para que a nova geração possa conhecer este esporte e tenha interesse pelo mesmo. No programa, os alunos podem escolher os cursos de diversos níveis.

O Clube Sinan da cidade de Qingdao é um dos clubes que participa do programa e recebe todos os anos muitos novos alunos. Como a vela é um esporte relativamente caro, o treinamento oferecido é uma iniciativa social. Ma Yuhui, presidente do clube, disse:

"Temos duas linhas principais na operação do nosso clube, sendo a divulgação dos conhecimentos e treinamento da vela aos alunos em colaboração com o governo local e nossas próprias atividades. A maior parte dos nossos atletas é jovem e 90% dos nossos sócios são adolescentes. Em minha opinião, maior parte dos treinamentos tem uma natureza social independentemente da gratuidade, porque os custos são realmente muitos altos."

De acordo com o documento do Conselho de Estado da China sobre planejamento do programa "Saúde da China 2030", é necessário promover os esportes para a população com base nas características locais. O programa "Vela Entra nas Escolas" promovido pela cidade de Qingdao é exatamente um bom exemplo disso.

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v O renascer das flores ao redor do edifício da CRI

v Demi-Leigh Nel-Peters vence o Miss África do Sul 2017
mais>>
Aviso Vídeo
A página da Rádio Internacional da China vai transmitir ao vivo a cerimônia de abertura da 5ª Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Econômica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, na qual o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, proferirá um discurso temático. A transmissão começará às 09h45 na próxima terça-feira (11) e ocorrerá em português, mandarim e inglês. Acompanhe!
Ranking dos textos mais lidos
• Sala de Visitas: Da arquitetura para a música, a croata Miranda Vukasovic conta sua trajetória desde a Europa até a China, passando pelo Brasil
• Luz
• Viagem
• Sabores do Brasil - pão de queijo
• FC Barcelona e grupo chinês cooperam pela promoção do desenvolvimento do futebol na China
• Culinária saborosa e diversificada do Peru
mais>>
Galeria de fotos

Fotos criativas de François Dourlen

Queda de neve muda paisagem de Huhhot no norte da China

Pop Galo, símbolo português no distrito da arte, em Pequim

Desfile de Guo Pei na Semana de Moda de Bangcoc
mais>>

• Fanzine Nº6, 2016

• Fanzine Nº5, 2016
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040